Exposição dos filhos nas mídias sociais

Todos gostam de registrar momentos preciosos da vida dos filhos. Afinal, existem ocasiões que são únicas e merecem recordações. Porém, será que a superexposição pode trazer prejuízos e prejudicar física e psicologicamente as crianças?


A Phooto, líder brasileira no segmento de produtos customizados com fotos, e a Casa Glamurama reuniram as mães Astrid Fontenelle, Cris Tamer, Luisa Mell, Mari Belém, Paula Trabulsi, Wanessa Camargo e Zilú Camargo para um debate sobre o assunto. A ideia deste encontro foi reunir reflexões sobre os registros fotográficos dos filhos nas mídias sociais e fazer com que os pais troquem experiências. Joyce Pascowitch foi a mediadora do evento que também teve a participação do renomado psicólogo Luiz Alberto Hanz.
Segundo Fábio Zausner, CEO da Phooto Brasil, a ideia de realizar o debate surgiu com a dúvida que muitos clientes e parceiros da empresa têm: quais os momentos da vida dos pequenos devem ser compartilhados via web e quais momentos são registrados nos álbuns de família, e o que cada situação é capaz de despertar? “Acreditamos que o compartilhamento via web é perfeito para mostrar um momento, mas apenas a fotografia impressa é capaz de contar uma história e reviver uma fase da vida. As fotos nos ajudam na construção da identidade, na criação de uma biografia e de memórias próprias”, comenta o executivo. Por mês, apenas o e-commerce da Phooto.com.br realiza a entrega de mais de 60 mil pedidos no Brasil.

Apesar de vivermos na época do registro instantâneo, popularizado pelo Instagram, o ato de revelar, imprimir e fazer um fotolivro ainda é a forma encontrada de guardar os melhores momentos dos filhos. “Uma viagem, um aniversário ou reunião de família despontam nossos melhores sentimentos. Essas fotos nos identificam com o filho de alguns anos atrás, que já mudou de voz, de físico e muitas vezes, de amigos. É a forma mais poderosa de reviver um momento que não volta mais. E tem algo melhor do que isso?”, conclui Fábio Zausner.
Acredito que a simples exposição em perfil aberto traga de alguma forma algum prejuízo para os filhos sem privacidade; mas quando fazemos isso com conteúdo, histórias, exemplos, ou como no meu caso indicação de passeios e diversão isso agrega em muito para a vida de todos.

Foi uma delícia conhecer um pouco mais dessas pessoas reais e que falam o que pensam!!


Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!