Teatro Alfa apresenta – O Maestrino

Após mais um dia de fracasso, o palhaço maestrino dorme e, nos seus sonhos, se depara com um mundo lúdico composto por diversos personagens representados por diferentes máscaras.
Sem texto, a peça oferece a plasticidade das máscaras para criar uma atmosfera onírica que pretende alcançar adultos e crianças. “Não é uma peça sobre sonhos, mas sim um convite para sonhar acordado”, ressalta odiretor da Cia, César Gouvêa. César concebeu o espetáculo com Elisa Rossin, que também atua e assina a direção de arte e figurinos. As máscaras (13, ao todo) feitas por Elisa são inspiradas na estética da Cia Famlie Flöz, importante referência do teatro de máscara mundial situada na Alemanha, onde a atriz realizou estágio em 2008. Inéditas no Brasil, elas se aproximam de caricaturas humanas, carregando traços cômicos e clownescos.
A trajetória do palhaço neste sonho é o fio condutor do espetáculo, que apresenta situações pitorescas influenciadas pelo mundo do circo e da música que costura a peça. O mágico e sua partner, uma orquestra desconcertada, uma bailarina tenista e pássaros bem peculiares são alguns dos personagens que se destacam na produção.
Quatro atores interpretam, alternadamente, 13 personagens. Integram o elenco Igor Canova (o Maestrino),Beto Souza (que vive quatro personagens), Dênis Goyos (três personagens) e Elisa Rosin (cinco personagens). O cenário transporta o público a um picadeiro dos sonhos, com uma iluminação que emoldura oespetáculo. A entrada e saída dos intérpretes acontecem como passes de mágica, algumas em menos de um minuto.      
Segundo o diretor, a intenção é mexer com a imaginação de toda família. “Podemos arriscar em dizer que os adultos, para sonhar, necessitam dormir, e as crianças naturalmente ao acordar, começam a sonhar. Neste espetáculo queremos que pais e filhos compartilhem do mesmo sonho”, explica.
César reforça que se dedicar a linguagem da improvisação nestes 13 anos de Companhia é aprender e se permitir a cada dia dar um mergulho no escuro.  “Me sinto numa eterna berlinda, como um salto de um paraquedas que você nunca sabe quando vai abrir, e foi esta sensação que me impulsionou a este desafio de fazer um espetáculo totalmente diferente, onde a improvisação esteve presente nesta sensação e também noprocesso de montagem, e não na peça em si, como estávamos a costumados a fazer”, finaliza.
Sobre a Cia Jogando no Quintal
Dirigida por César Gouvêa, desde 2002 a Cia do Quintal se dedica à pesquisa e ao diálogo das técnicas da Improvisação e do Palhaço. Com cinco espetáculos em seu repertório, representa o país em vários festivais da Europa e América Latina. É bastante conhecida pelo seu primeiro trabalho, o espetáculo Jogando no Quintal – jogo de improvisação de palhaços, que ainda permanece em cartaz desde de sua criação em 2002 e que já foi visto por mais de 300.000 mil pessoas. Por ser um dos espetáculos pioneiros no teatro de improviso noBrasil, se converteu em uma importante referência e inspiração para muitos grupos que surgiram na última década.
E outro espetáculo de grande destaque da CIA. é A Rainha Procura. Ganhador do Grande Prêmio da Crítica APCA 2013 e eleito omelhor espetáculo Infantil pelo GUIA DA FOLHA 2013; além de ter recebido indicação ao prêmio FEMSA 2013: autor, texto original, direção, figurino, atriz e melhor espetáculo.
Além dos espetáculos, em sua trajetória encontrou no universo do Palhaço e do improviso conceitos que fazem com que a cia estabeleça um diálogo produtivo no ambiente empresarial. Improvisação, criatividade, inovação, flexibilidade, agilidade e trabalho em equipe são alguns dos temas abordados em nossos workshops, palestras, intervenções e espetáculos em eventos corporativos.
Estreia dia 3 de outubro na Sala B do Teatro Alfa:
Aos sábados e domingos, às 16h. Até 29 de novembro. 
Ingressos: R$ 30,00 (inteira para adultos) e R$15,00 (meia para crianças, estudantes e maiores de 60 anos). 
Teatro Alfa – Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722. Fone 11 5693 4000. Site: www.teatroalfa.com.br

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!