Dia do Folclore no Quintal da Cultura

O Quintal da Cultura leva ao ar uma programação especial em homenagem ao Dia do Folclore, comemorado em 22 de agosto. Entre segunda e sexta-feira, o programa infantil exibe cinco histórias inéditas que fazem tributo a diferentes narrativas tradicionais brasileiras.

As histórias encenadas pelos atores Helena Ritto, José Eduardo Rennó e Jonathan Faria –  que dão vida a Doroteia, Ludovico e Osório, respectivamente – trazem lendas, mitos, usos e costumes presentes na cultura nacional. As edições inéditas vão ar às 11h15 e às 17h15, na TV Cultura.

A Lenda do Curiango – 20 de agosto
Na segunda-feira, iniciando a programação, vai ao ar a história de amor entre Urutau e Curiango: A Lenda do Curiango. Conta ela que os dois pássaros considerados os mais feios e de canto mais soturno da floresta já foram gente um dia. Mas a dúvida que não quer calar é: como se tornaram pássaros?

O Homem que Laçou a Sorte – 21 de agosto
No dia seguinte, terça-feira, a aventura acontece no sertão brasileiro, numa estrada bem antiga, com O Homem que Laçou a Sorte. O povoado local dizia que por ali passava toda a sorte e, certa vez, um vaqueiro muito pobre, cansado de ouvir essa história e ver a família passando necessidade, resolveu laçar tal êxito no meio da estrada. Ficou lá por dias e dias e nada da sorte passar. Quando já ia desistir, apareceu diante dele uma velhinha que lhe deu quatro moedas e o avisou que só poderia usá-las para comprar alguma coisa que custasse exatamente aquele preço. O vaqueiro, então, deu as moedas a um compadre comerciante que ia à cidade grande, e assim começa uma grande aventura.

A Lenda da Mandioca – 22 de agosto
Na quarta-feira, é a vez de a garotada curtir A Lenda da Mandioca. Um dia, um viajante passou por uma tribo que passava muita fome e tentou beijar a filha do cacique, chamada Mani. A moça não cedeu, mas o pai dela se confundiu com a cena e decidiu castigar a filha, prendendo-a numa oca, dizendo que a fome da tribo era causada por ela. E mais: anunciou que no dia seguinte a jovem seria castigada. Acontece que, nesta noite, o cacique sonhou com Tupã e, no sonho, o Deus ordenava que ele acreditasse em sua filha e não a castigasse. Assim o fez. Na manhã seguinte, correu para comunicar Mani de sua decisão, mas ao chegar à oca não a encontrou mais. O que será que aconteceu?

O Carbúnculo – 23 de agosto
Na quinta-feira, a história se passa no Sul do Brasil, quando alguns jesuítas foram expulsos pela coroa portuguesa. Na fuga, um sacristão deparou-se com um brilho intenso vindo de uma moita. Ao aproximar-se dela, viu um lagarto com uma grande pedra preciosa na testa. Ele pegou o lagarto e levou-o consigo para casa, sem saber que o animal era mágico.

A Lenda do João de Barro – 24 de agosto
A Semana do Folclore é encerrada na sexta-feira, quando vai ao ar A Lenda do João de Barro. No tempo em que os índios guaranis ainda reinavam soberanos nessa região, um jovem guerreiro de nome Jaebé apaixonou-se por Iande, filha do cacique da tribo. Muitos já haviam tentado conquistar o amor da moça, mas o pai submetia cada pretendente a uma prova de força. Jaebé desafiou o cacique e esse lhe impôs uma prova: sete dias enrolado num couro de anta sem comer ou beber nada. Ele irá conseguir?

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!