Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil

O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil foi criado para chamar atenção para a doença. Tratando dos diversos tipos de câncer infantojuvenis, há 20 anos, TUCCA, Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer, chama atenção para a importância do tratamento personalizado, fundamental para aumentar os índices de cura do câncer.

Para isso, a Associação em parceria com o Hospital Santa Marcelina, mantém na Zona Leste de São Paulo, um Laboratório de Patologia e Biologia Molecular, um centro de referência e excelência em exames moleculares que permite oferecer tratamentos individualizados, mais eficazes, menos tóxicos e de menor custo. A forma mais eficiente para o Brasil alcançar índices de cura maiores é oferecendo esse tratamento personalizado e individualizado, com uma equipe multidisciplinar de profissionais.

Recentemente, com a inauguração do Laboratório de Patologia Molecular, o Brasil atingiu um novo patamar no tratamento do câncer infantojuvenil, incluindo a para população carente, oferecendo diagnóstico preciso e tratamento personalizado para crianças e adolescentes de todo o país.

O Laboratório já realiza exames fundamentais para o diagnóstico, estabelecimento do prognóstico e definição terapêutica no tratamento do câncer da infância e adolescência, oferecendo modernos testes moleculares. Essa atuação não tem precedentes na saúde pública do país, é um marco que beneficia a população carente que depende do tratamento do SUS (Sistema Único de Saúde).

O serviço faz parte de um centro de referência no tratamento de tumores cerebrais. Por meio de pesquisas e investigações multidisciplinares, foi possível aumentar as chances de cura não só dos pacientes atendidos pela TUCCA e pelo Hospital Santa Marcelina, mas também de crianças e adolescentes de diversas regiões do Brasil. Até agora, já foram mais de 500 beneficiados

O principal diferencial do laboratório é oferecer um diagnóstico preciso e acurado aos pacientes com suspeita de câncer, contando com uma equipe altamente qualificada e especializada. Para tanto, o laboratório lança mão de plataforma tecnológica atualizada e inovadora, permitindo realizar a classificação morfológica e molecular dos diferentes tipos de neoplasias, de acordo com os últimos guidelines internacionais. Em colaboração com a TUCCA, tudo isso é acessível a adolescentes e crianças com câncer sem condições a um diagnóstico e tratamento de ponta, como a população SUS.

Para exemplificar a importância dos diagnósticos moleculares, citamos a central de revisão diagnóstica que implementamos inicialmente para os pacientes com Meduloblastoma, a todas as instituições pediátricas no Brasil.

Esta medida permite um tratamento eficaz, com menor toxidade e menos custo. Podemos afirmar, portanto, que essa iniciativa produz um alto impacto nas taxas de cura e controle da doença, pois o tratamento inadequado por conta de um diagnóstico errado traz tantos prejuízos aos pacientes quanto à falta de um tratamento. É um instrumento que permite atingirmos os 100% pela cura e diminuir as sequelas da doença.

Meduloblastoma é um dos tumores cerebrais mais comuns em crianças. No Brasil cerca de 2.520 novos casos surgem por ano (20% de 12.600). Eles ocorrem principalmente entre 4 e 9 anos de idade e afetam os meninos com mais frequência do que as meninas. Estamos falando de uma doença que possui quatro subgrupos e, portanto, identificar o subgrupo correto do tumor e oferecer um tratamento assertivo e menos tóxico é fundamental para se obter melhores resultados.

A porcentagem de sucesso no tratamento varia com o estadiamento da doença, entre 60 e 70%. Não há como evitar esse tipo de câncer, mas o tratamento dependerá do tipo, tamanho e localização do tumor e idade do paciente, mas, geralmente inclui a combinação de cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

A ONG espera, a curto prazo, convidar demais instituições que também atendam crianças com câncer para somarem esforços e melhorarem a compreensão e o tratamento da doença no Brasil.

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!