La Casa Incierta apresenta espetáculo para bebês e crianças no Sesc Consolação

Na peça, a mãe, interpretada pela atriz e cantora Clarice Cardell, trajando um grande vestido azul, fala e canta sobre seus medos e receios: a noite, o lobo, o monstro, o mar… diferentes temas que circundam o pensamento infantil e que, consequentemente, fazem parte do universo dos pais e da relação com seus filhos.

Pioneira no campo das artes cênicas para a primeira infância, a companhia hispano-brasileira La Casa Incierta estará no Sesc Consolação no dia 2 de novembro, sábado, apresentando o seu mais novo espetáculo: Canto do Medo, um teatro musical com objetos e sombras. Serão duas sessões, às 14h e às 16h, com ingressos gratuitos para crianças até 12 anos.

Com direção de Sandra Vargas, especialista na linguagem de teatro de objetos do Grupo Sobrevento, e trilha sonora de Lupa Marques, músico e percussionista, Canto do Medo é indicada para crianças de 0 a 6 anos.

Canto do Medo
Com Cia La Casa Incierta
Dia 2 de novembro, sábado, às 14h e às 16h
Espaço Beta – 3º andar
40 minutos
Recomendado para crianças de 0 a 6 anos

Ingressos: R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena) | R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) | R$ 20,00 (inteira).
GRÁTIS para crianças até 12 anos.

Sesc Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245, São Paulo – SP
Informações: 3234 3000

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!