Ser Criança no Mundo Digital – série de conversas online

O ambiente digital é um espaço que oferece oportunidades de conexão e socialização com os amigos, familiares e até mesmo com as escolas, no atual cenário causado pela pandemia do coronavírus. Mas também traz desafios e riscos para o desenvolvimento pleno das crianças e adolescentes. Para contribuir e auxiliar famílias e educadores, o Instituto Alana, com o apoio do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) e do portal Lunetas, realiza o evento “Ser Criança no Mundo Digital – série de conversas online”. Os diálogos serão transmitidos pelo link sercrianca.alana.org.br e terão recursos de acessibilidade (intérprete de Libras e legenda em tempo real) .
No total, serão seis conversas que trarão para a pauta temas relacionados ao uso da tecnologia por crianças e adolescentes e o papel da família, das escolas, do Estado, das empresas e plataformas de tecnologia. A estreia da série de conversas será no dia 26 de junho às 17h, e os encontros seguintes nos dias 03, 17 e 24 de julho e 07 e 14 de agosto. Cada mesa contará com a participação de especialistas das áreas da educação, psicologia, tecnologia e direito, que vão dialogar e responder perguntas do público.
A primeira conversa vai contar com a participação de Vera Iaconelli, doutora em Psicologia pela USP e Rodrigo Nejm, diretor de educação da Safernet. O bate-papo acontece no dia 26 de junho, às 17h, com mediação de Carolina Pasquali, jornalista e diretora executiva do Instituto Alana. “Crianças no mundo digital: oportunidades e desafios” apresentará um panorama geral do tema e os impactos da relação da criança com as tecnologias digitais em seu desenvolvimento integral.
Na semana seguinte, no dia 3 de julho, às 17h, a conversa será sobre “O papel das famílias na relação da criança com o mundo digital” com Karina M. Menezes, pedagoga, presidente do Raul Hacker Club de Salvador Bahia e idealizadora do Projeto Crianças Hackers, e com a escritora, palestrante e empreendedora Roberta Ferec, autora do livro “Tela com cautela”. O bate-papo abordará os caminhos que as famílias podem seguir para construir uma relação saudável, criativa e segura das crianças com a internet. Maria Isabel de Barros, pesquisadora do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana, será a mediadora dessa conversa.
A terceira conversa será sobre “A participação das crianças no mundo digital” que abordará os modos de ser, conviver e participar deste ambiente e a importância de estimular a cidadania digital. Ocorre no dia 17 de julho, às 17h e participam Inês Vitorino, Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas e Ariane Cor, cofundadora do Minas Programam.
No dia 24 de julho, às 17h, o diálogo será sobre “Tecnologia como oportunidade de educação para todos”. Nesse dia, Rita Bersch, mestre em design pela UFRGS, com pesquisa na área de Tecnologia Assistiva, e Odara Delé, professora da rede estadual de ensino de São Paulo e criadora do projeto e aplicativo Alfabantu, conversam sobre a tecnologia na eliminação de barreiras sociais e os diversos caminhos de aprendizagem. Raquel Franzim, coordenadora da área de Educação do Instituto Alana, fará a mediação das duas conversas.
“Como garantir os direitos das crianças no mundo digital?” será o tema da conversa do dia 7 de agosto, às 17h. Será abordado a responsabilidade do desenvolvimento de produtos e serviços que assegurem uma experiência digital ética, segura e criativa para toda criança. Participam Natália Neris, mestre em Direito e Desenvolvimento na Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e Paulo Rená, mestre em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília. Pedro Hartung, coordenador dos programas Prioridade Absoluta e Criança e Consumo, do Instituto Alana, fará a mediação do diálogo.
Para encerrar a série, no dia 14 de agosto, às 17h, o diálogo será sobre as garantias de proteção dos dados das crianças frente à exploração de todo tipo, inclusive comercial. Com o tema “Exploração comercial da criança no mundo digital” participam Danilo Doneda, advogado e professor, e Kelli Angelini, mestre em Direito Civil pela PUC-SP e gerente da Assessoria Jurídica do NIC.br. A mediação será com Isabella Henriques, advogada e diretora executiva do Instituto Alana.
Ser Criança no Mundo Digital – série de conversas online
Iniciativa e realização: Instituto Alana
Apoio: NIC.Br e portal Lunetas
Datas: 26/06, 03/07, 17/07, 24/07, 07/08, 14/08
Inscrições e transmissão: sercrianca.alana.org.br/
Mais informações: bit.ly/conversas-sercrianca

26 de junho, às 17h – “Crianças no mundo digital: oportunidades e desafios”
Com Vera Iaconelli, doutora em Psicologia pela USP; Rodrigo Nejm, diretor de educação da Safernet; e mediação de Carolina Pasquali, jornalista e diretora executiva do Instituto Alana.

3 de julho, às 17h – “O papel das famílias na relação da criança com o mundo digital”
Com Karina Menezes, pedagoga, presidente do Raul Hacker Club de Salvador Bahia e idealizadora do Projeto Crianças Hackers; Roberta Ferec, escritora, autora do livro “Tela com cautela” e mediação de Maria Isabel de Barros, pesquisadora do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana.

17 de julho, às 17h – “A participação das crianças no mundo digital”
Com Inês Vitorino, Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas; Ariane Cor, cofundadora do Minas Programam e mediação de Raquel Franzim, coordenadora da área de Educação do Instituto Alana.

24 de julho, às 17h – “Tecnologia como oportunidade de educação para todos”
Com Rita Bersch, mestre em design pela UFRGS, com pesquisa na área de Tecnologia Assistiva; Odara Delé, professora da rede estadual de ensino de São Paulo e criadora do projeto e aplicativo Alfabantu; e mediação Raquel Franzim, coordenadora da área de Educação do Instituto Alana.

7 de agosto, às 17h – “Como garantir os direitos das crianças no mundo digital?”
Com Natália Neris, mestre em Direito e Desenvolvimento na Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas; Paulo Rená, mestre em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília; com mediação de Pedro Hartung, coordenador dos programas Prioridade Absoluta e Criança e Consumo, do Instituto Alana.

14 de agosto, às 17h – “Exploração comercial da criança no mundo digital”
Com Danilo Doneda, advogado e professor; Kelli Angelini, mestre em Direito Civil pela PUC-SP e gerente da Assessoria Jurídica do NIC.br; e mediação de Isabella Henriques, advogada e diretora executiva do Instituto Alana.

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!