EDUCAÇÃO. Prefeitura de SP propõe regras para volta às aulas na rede municipal

A Prefeitura encaminhou para a câmara municipal um Projeto de Lei com medidas para o retorno das aulas presenciais. O PL prevê a aquisição de vagas para a pré-escola na rede privada. O objetivo é suprir a demanda das crianças que os pais tiraram das unidades particulares. Em maio, a Pasta criou o site para pedido de pré-matrículas, dessa forma há um acompanhamento nos pedidos. Até o momento, já temos 4,6 mil pedidos de matrículas na rede infantil. 
O atendimento de crianças de 4 a 6 anos é obrigatório e responsabilidade do município, em 2017, a gestão Bruno Covas conseguiu zerar a fila para essa faixa etária (em dezembro de 2016, 10 mil crianças aguardavam vagas). Segundo o projeto, a busca por vagas ficará limitada a 5% do número total de estudantes nessa etapa. Hoje, a rede municipal tem 232,5 mil alunos matriculados na pré-escola.
Além disso, o PL prevê a normatização sobre a recuperação, acompanhamento da saúde de alunos e servidores e a contratação de temporários para suprir os postos de professores do grupo de risco, por exemplo. Também está descrito no projeto novos meios para aquisição e entrega de uniformes e kit de materiais. O retorno das aulas presenciais, conforme regras noticiadas pelo Estado de São Paulo, deve acontecer no mês de setembro.
Outro ponto importante do texto é sobre o acompanhamento da saúde dos alunos e servidores. Por meio de novas contratações e parcerias com organizações da sociedade civil, também serão colocadas à disposição equipes para acompanharem a saúde nas escolas.
Uniformes e materiais
A distribuição de uniformes e materiais escolares também terá novidade. Em 2020 a SME irá descentralizar a compra e repassar o valor para que as famílias possam adquirir o que é necessário para cada caso. Pelo novo meio, cada família terá acesso a um aplicativo com um valor destinado a compra dos materiais e só poderá usar nos estabelecimentos previamente cadastrados. Para a aquisição dos uniformes a Prefeitura assinou contrato com a PagSeguro, após licitação.
Com a mudança cada família passa a ter o controle da compra do que realmente precisa, e pode utilizar a verba durante parte do ano letivo, tendo a oportunidade, por exemplo, de adquirir agasalhos no inverno com a medida adequada. Antes todos os uniformes eram entregues no inicio das aulas com base na medida do fim do ano anterior.

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!