Cozimento é o método mais eficaz para eliminar os antinutrientes da dieta

Manter uma alimentação saudável e benéfica ao organismo vai além da escolha dos alimentos no mercado. O cuidado com a preparação, até mesmo dos alimentos de origem vegetal, que detém inúmeros nutrientes, deve estar presente na rotina. Isso porque, segundo a nutricionista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Ariane Braz, o ideal é eliminar compostos químicos classificados como antinutrientes das refeições.

 

Apesar de pouco comentados, os antinutrientes estão presentes nos vegetais, grãos, verduras e frutas, e podem interferir na digestão, absorção de nutrientes e, até mesmo, causar reações adversas do organismo. “Essas substâncias atrapalham a digestão e absorção das proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais, diminuindo o valor nutritivo dos alimentos. Em concentrações elevadas, provocam gases, flatulências e deficiência de vitaminas e minerais”, explica a nutricionista.

 

A fim de evitar essas consequências e garantir o que há de melhor no produto, é preciso alguns cuidados na preparação da comida. Segundo Ariane Braz, a prática mais eficiente é o cozimento dos alimentos de origem vegetal, apesar da perda de nutrientes que o processo acarreta. “Quando comparamos os riscos e benefícios, o processo acaba sendo vantajoso. Pois as altas temperaturas conseguem eliminar esses componentes que não são tão benéficos ao organismo”, reforça.

 

Além desta alternativa, o remolho – que consiste em deixar os alimentos de molho por algumas horas – entra como método adicional nesta busca por alimentos mais saudáveis. Ariane Braz atenta a maneira correta de realizar a técnica: “É preciso respeitar, no mínimo, 12 horas de remolho, desprezar a primeira água, e usar uma nova para o cozimento”, alerta. “No caso dos vegetais como espinafre, beterraba e acelga, o correto é prepará-los com água fervente e dispensar a primeira água de cozimento”, complementa. 

 

COMO ELIMAR OS ANTINUTRIENTES:

 

1. Deixar os alimentos de origem vegetal por, pelo menos, 12 horas de remolho. Troque a água para realizar o cozimento.

 

2. Mesmo após este processo, é indicado cozinhar os alimentos. As altas temperaturas são mais eficazes no processo de eliminar essas substâncias.

 

3. No caso dos vegetais como espinafre, beterraba e acelga, o correto é prepará-los com água fervente e dispensar a primeira água de cozimento. 

 

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!