Teatro Infantil: Hoje O Escuro Vai Atrasar Para Que Possamos Conversar

Primeiro espetáculo infantil do Grupo XIX de Teatro, Hoje O Escuro Vai Atrasar Para Que Possamos Conversar ganha adaptação para o formato digital e será apresentado pelos pelas redes sociais dos teatros municipais da cidade de São Paulo, nos dias 5 e 6 de junho, em transmissão do Teatro Paulo Eiró; dias 11 e 12 de junho, pelo Teatro João Caetano; dias 19 e 20 de junho, pelo Teatro Arthur Azevedo e dias 26 e 27 de junho, pelo Teatro Alfredo Mesquita. As sessões são sempre aos sábados e domingos, às 16h, com ingressos gratuitos.

Com dramaturgia de Ronaldo Serruya e direção de Luiz Fernando Marques e Rodolfo Amorim, o processo criativo para montagem foi inspirado pelo romance De Repente, Nas Profundezas do Bosque, do escritor israelense Amós Oz. O elenco é formado por Janaina Leite, Juliana Sanches, Rodolfo Amorim, Ronaldo Serruya e Tarita Souza.

A peça se passa em um triste vilarejo onde não vivem mais animais, nem domésticos e nem silvestres. Algo muito estranho aconteceu no passado que provocou a fuga dos bichinhos e os transformou em seres quase mitológicos, lembrados apenas nas aulas da professora Rafaela.

Nesse lugar misterioso, vivem os colegas Santi, Clara e Luna, que, depois de sofrer bullying de seus colegas também desapareceu. Desconfiados de que Luna teria sido raptada pelo Espírito do “não-sei-o-quê” do bosque, Santi e Clara partem floresta adentro em busca da amiga.

A encenação apresenta ao público delicados temas discutidos pela obra de Amós Oz, como os efeitos da discriminação e do tratamento indesejado, como o bullying isola as pessoas e a consciência de que o “outro” também tem medos, fragilidades e inseguranças. A ideia é fazer com que as crianças entendam a alteridade como uma extensão do eu, desconstruir o processo vicioso de desqualificação de um indivíduo por causa de suas diferenças e mostrar que as pessoas formam juntas as conexões do tecido social de uma comunidade.

“Queríamos discutir como desmontar uma estrutura normativa que permite a perpetuação desse mecanismo de opressão social na escola. Eu também me inspirei na minha própria história, pois fui vítima de bullying e vivenciei esse sistema opressor. E, na época, não havia uma estrutura para discutir isso, em nenhuma instância. O bullying era tratado como algo normalizado dentro daquele universo”, comenta o autor Ronaldo Serruya.

Conhecidos pela interatividade com a plateia em suas montagens, o Grupo XIX revisitou a versão filmada da peça e gravou novas cenas, adaptando as passagens de tempo e a duração do espetáculo para ficar mais dinâmico. “Misturamos a versão gravada com cenas novas para dar uma perspectiva da interação e para que as crianças possam acessar essa história e, assim como na peça presencial, manter o vínculo, se envolver com a busca da Luna e com o som dos bichos e da floresta. Mantivemos a linguagem estética da peça com ilustrações da Ligia Yamaguti para esse imaginário virtual”, conta o diretor Luiz Fernando Marques.

A trilha sonora da peça, pensada pela diretora musical Tarita Sousa, também foi gravada em estúdio para essa experiência. Os sons da natureza e dos bichos foram criados com materiais naturais, como paus de chuva do cerrado brasileiro, folhas secas e de vários tipos de vegetação, bambus e gravetos, combinados com teclado e violão.

HOJE O ESCURO VAI ATRASAR PARA QUE POSSAMOS CONVERSAR

Duração: 40 minutos.

Classificação etária: Livre.

TEATRO PAULO EIRÓ
Dias 5 e 6 de junho – Sábado e Domingo, às 16h.
Ingressos: Gratuito – On-line.

Transmissão: Facebook: https://www.facebook.com/teatropauloeiro

TEATRO JOÃO CAETANO
Dias 12 e 13 de junho – Sábado e Domingo, às 16h.
Ingressos: Gratuito – On-line.

Transmissão: Facebook: https://www.facebook.com/teatropopularjoaocaetano

YouTube: clique aqui

TEATRO ARTHUR AZEVEDO
Dias 19 e 20 de junho – Sábado e Domingo, às 16h.

Ingressos: Gratuito – On-line.

Transmissão: Facebook – https://www.facebook.com/teatroarthurazevedosp

YouTube: clique aqui

TEATRO ALFREDO MESQUITA
Dias 26 e 27 de junho – Sábado e Domingo, às 16h.

Ingressos: Gratuito – On-line.

Transmissão: Facebook – https://www.facebook.com/teatroalfredomesquita

YouTube – https://www.youtube.com/c/TeatroAlfredoMesquita

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!