Paulista Cultural terá primeira edição totalmente online com apresentações de teatro, música, cursos e visitas virtuais

Sete grandes instituições culturais da Avenida Paulista unem-se novamente entre os dias 29 de junho e 3 de julho para oferecer cinco dias de atividades gratuitas e, pela primeira vez, 100% digitais e em formato de festival. As atividades serão transmitidas pelo Facebook e Instagram do projeto (veja abaixo a programação completa da Paulista Cultural 2021 #EmCasa).

A Paulista Cultural, iniciativa pioneira organizada pela Casa das Rosas, Centro Cultural Fiesp, Instituto Moreira Salles, Itaú Cultural, Japan House São Paulo, MASP e Sesc Avenida Paulista, irá proporcionar ao público ações voltadas ao teatro, à música, às artes visuais, à dança, à literatura, às histórias em quadrinhos e à fotografia.

Em sua primeira edição, realizada em março de 2018, a ação reuniu mais de 40 mil pessoas. Na segunda, em 2019, foram 46 mil pessoas recebidas. Já a edição de 2020 foi adiada por conta da pandemia de Covid-19.

Depois desse hiato, o evento volta com força total em 2021, convidando o público a participar, de casa, das atividades virtuais que foram especialmente pensadas pelas instituições para atender a esse formato. Além da transmissão pelas redes sociais, o público também vai encontrar a programação completa do evento no site da Paulista Cultural (www.paulistacultural.com.br), lançado em dezembro de 2020 com o apoio do Banco Itaú. Quem não puder participar nas datas marcadas, poderá ver depois parte das atividades no canal do YouTube da Paulista Cultural.

PROGRAMAÇÃO

A programação será dividida em seis eixos: cursos e oficinas; apresentações de teatro, música, cinema e performances; visitas virtuais; debates e bate-papos com curadores e artistas; as Janelas da Paulista e infantil.

O primeiro dia abre com uma breve fala dos dirigentes da Paulista Cultural, e, na sequência, com a estreia de As Janelas da Paulista, uma série de sete episódios, inspirada na exposição WINDOWOLOGY – Estudo de janelas no Japão, que será inaugurada em 29 de junho e permanecerá em cartaz até 22 de agosto, na Japan House São Paulo. A partir desta mostra, a instituição nipônica convidou as outras seis instituições participantes da Paulista Cultural para contarem sobre a relação de seus edifícios com a Avenida Paulista através de suas janelas. Os episódios serão exibidos no Instagram da Paulista Cultural, de 29 de junho a 3 de julho.

Ainda na manhã de abertura, o evento terá a exibição de um espetáculo teatral, que mescla manifestações artísticas com intervenções urbanas ao longo da cidade de São Paulo. Intitulado O Outro Nome da Amizade, da Cia. Tijolo, a cena teatral foi criada especialmente para a programação Cena Agora, do Itaú Cultural. Nela, personagens como Dom Helder Câmara, Ivone Gebara, Paulo Freire e Patativa do Assaré são evocados para pensar o tempo presente.

Também acontecerão bate-papos abertos com alguns curadores e artistas das exposições em cartaz em algumas das instituições. Serão duas conversas, uma às 19h e, no dia seguinte, às 20h. A primeira será com Gustavo Carvalho (curador), Guilherme Gontijo Flores (poeta) e Daniel Kondo (ilustrador), da exposição Coestelário, em cartaz na Casa das Rosas. A segunda, com o coordenador de fotografia do Instituto Moreira Salles, Sérgio Burgi, sobre a exposição Mario Cravo Neto: Espíritos sem nome, em cartaz no IMS Paulista.

Nesta edição especial da Paulista Cultural 2021 #EmCasa, o MASP convida o público para um bate-papo online sobre as relações entre práticas artísticas e ativismo. Com Cristina Ribas, pesquisadora, e André Mesquita, curador no MASP.

A programação também traz cinco experiências dentro dos espaços expositivos das instituições. A Casa das Rosas apresenta o museu e sua relação com a história na Avenida Paulista, ao vivo no Instagram da Paulista Cultural. Já o Sesc Avenida Paulista faz uma imersão em dois capítulos dentro da exposição Oficina Molina – Palatnik por meio de videodocumentação – a mostra apresenta um diálogo entre a obra do Mestre Molina e Abraham Palatnik, dois artistas emblemáticos da história da arte brasileira que integram o Acervo Sesc de Arte.

Além disso, é possível participar de duas experiências virtuais do Itaú Cultural: uma delas é a Experiência: Obras e Processos de Beatriz Milhazes, prática digital que faz parte da exposição Beatriz Milhazes: Avenida Paulista. A segunda é a vivência online na Ocupação Chiquinha Gonzaga, abordando a trajetória de duas mulheres negras pioneiras na música brasileira: Chiquinha Gonzaga e Ivone Lara, ambas homenageadas no projeto Ocupação.

Também integra o eixo de visitas virtuais o episódio da série de mediação cultural virtual sobre a exposição João Carlos Martins: 80 Anos de Música, do Centro Cultural Fiesp, que aborda temas como a carreira internacional do maestro e seu trabalho junto ao Sesi-SP, para difundir o acesso à música clássica.

A programação ainda contempla aulas de fotolivros, aulas de arte, memória e inovação e um curso para formação de escritores. Para quem gosta de teatro, o Bate-papo Práticas Pedagógicas de Artes Cênicas no ensino a distância convida os artistas e pedagogos Angela Ribeiro, Guilherme Yazbek, Inês Vianna, Murillo Basso e Silvia Gomez a compartilharem suas experiências, desafios e possibilidades para o aprendizado do teatro em plataformas digitais.

Já para as crianças as atrações são: oficina de contação de histórias e yoga, oficina para criação de um tambor japonês totalmente “faça você mesmo”, oficina de antotipia, e, ainda, a exibição da peça teatral O dia em que minha vida mudou por causa de um chocolate comprado nas Ilhas Maldivas, completam a grade.

Além dos cursos e oficinas, o festival terá ainda apresentações de performances e shows.

O MASP apresenta a performance de dança Avenida Paulista – Gamboa III, os registros audiovisuais exploram as performances com intérpretes da Márcia Milhazes Companhia de Dança. As apresentações foram realizadas diante da pintura e da escultura homônimas, que fizeram parte da exposição Beatriz Milhazes: Avenida Paulista. Os vídeos sublinham a longa parceria entre a artista e sua irmã, a coreógrafa Márcia Milhazes.

O cantor, compositor e violeiro Pereira da Viola apresenta, na noite de sexta-feira, uma música autoral ligada à cultura mineira e às raízes quilombola e rural, entre batuques, rasqueado, folia de reis e danças. A transmissão gratuita do show, que inclui um repertório envolto na ancestralidade e na vida no campo, tem a produção do Itaú Cultural.

No sábado serão exibidos um sarau e dois shows em sequência, que encerram a programação da Paulista Cultural 2021 #EmCasa. Às 19h, o sarau A Plenos Pulmões reúne poetas que desejam apresentar sua produção aos ouvidos atentos. Às 20h, o público pode curtir o concerto do tenor Jean William e do Quinteto Bachiana Sesi-SP interpretando músicas como Eleanor Rigby (The Beatles), Your Song (Elton John), Sweet Child O’Mine (Guns N’ Roses) e Oceano (Djavan). Encerrando a maratona de atividades, às 21h, ocorre a apresentação musical inédita e muito especial, com Filipe Catto, e a participação de Maria Alcina, Ciro Barcelos e Alma Negrot, inspirada na exposição Madalena Schwartz: As metamorfoses, em cartaz no IMS Paulista.


Paulista Cultural 2021 #EmCasa


De 29 de junho a 3 de julho de 2021
Gratuito. Evento online com transmissão pelas redes sociais da Paulista Cultural
Facebook: paulistaculturaloficial
Instagram: paulistacultural.oficial
Veja a programação completa em paulistacultural.com.br

Para participar dos cursos e oficinas é preciso realizar inscrição prévia no site de cada instituição. A programação completa e os links para as inscrições nas atividades estão disponíveis no site da iniciativa.

29/06 – Terça-feira

10h – Abertura com uma breve fala dos dirigentes da Paulista Cultural. Na sequência a exibição do primeiro episódio da série As Janelas da Paulista. A série, em sete episódios, será exibida no Instagram da Paulista Cultural. – Japan House São Paulo

Série “As Janelas da Paulista”

A partir da exposição “WINDOWOLOGY – Estudo de janelas no Japão”, a Japan House São Paulo convida as instituições da Avenida Paulista para contarem sobre a relação de seus edifícios com a própria Avenida a partir de suas janelas em sete episódios.

Duração: até 2 minutos cada episódio.

Classificação etária: livre.

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h.

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

10h – Itaú Cultural – Um outro nome para amizade

Nesta cena criada para o recorte Encruzilhada Nordeste(s): (contra)narrativas poéticas, da programação Cena Agora do Itaú Cultural, a Cia. do Tijolo evoca personagens de seus espetáculos para junto com amigas, camaradas e companheiros, pensar o tempo presente, a vida presente. Dom Helder Câmara, Ivone Gebara, Paulo Freire e Patativa do Assaré percorrem encruzilhadas da cidade de concreto condenada a nunca adormecer.

Com interpretação em Libras

Duração: 20 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 29/06, às 10h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

11h – Casa das Rosas – Visita Virtual: Janelas Abertas Com Alexandra Rocha

Nesta live, a coordenadora do Núcleo de Ação Educativa da Casa das Rosas conduzirá um passeio por suas instalações, durante o qual responderá a perguntas sobre o museu. Uma atração especial será mostrar a vista a partir das janelas e varandas do imóvel projetado por Ramos de Azevedo, exibindo perspectivas de relação visual com a Avenida Paulista e o belo jardim da própria Casa.

Duração: 60 minutos

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 29/06, às 11h

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

17h – Japan House São Paulo – Conversas com o Educativo da JHSP – Mado: A Janela Japonesa

Mado 窓 é a palavra japonesa que se refere às janelas. Nesta conversa, a equipe do educativo da instituição apresentará a história, além de trazer a percepção japonesa referente a este elemento arquitetônico, que acaba revelando outros aspectos da cultura e pensamento nipônicos.

Duração: 1h30

Capacidade de participantes: até 500 pessoas

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dia e horário: 29/06, às 17h

Transmissão em: Zoom da Japan House São Paulo (Link disponível no site da Paulista Cultural)

18h – Centro Cultural Fiesp – Bate-papo Práticas Pedagógicas de Artes Cênicas no ensino a distância

Neste bate-papo, os artistas pedagogos Angela Ribeiro, Guilherme Yazbek, Inês Vianna, Murillo Basso e Silvia Gomez compartilham suas experiências, desafios e possibilidades para o aprendizado do teatro em plataformas digitais a partir das relações de ensino que são vivenciadas nos Núcleos de Artes Cênicas, Experimental e Dramaturgia mantidos pelo Sesi-SP. O debate ainda conta com a mediação das analistas de artes cênicas do Centro Cultural Fiesp e Sesi-SP, Anna Polistchuk e Daniele Carolina Lima.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 29/06, às 18h

Transmissão ao vivo em: Facebook paulistaculturaloficial

19h – Casa das Rosas – Coestelário: conversa com o curador e os artistas. Com Gustavo Carvalho, Guilherme Gontijo Flores e Daniel Kondo

Um bate-papo sobre a exposição em cartaz na Casa das Rosas, Coestelário, que reúne 72 obras em homenagem a pessoas falecidas durante a pandemia. Na ocasião, o curador Gustavo Carvalho, o poeta e tradutor Guilherme Gontijo Flores e o artista plástico Daniel Kondo falaram sobre a concepção da mostra e dos poemas visuais baseados nas antigas estelas funerárias, e sobre seus desdobramentos nas redes sociais da Casa como resposta aos desafios impostos pela covid-19.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: 250

Classificação etária: livre

Inscrição prévia em: casadasrosas.org.br/agenda

Dia e horário: 30/06, às 19h

Transmissão em: Zoom da Casa das Rosas

30/06 – Quarta-feira

10h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

11h – Itaú Cultural – Duas mulheres pioneiras na música brasileira: Chiquinha Gonzaga e Dona Ivone Lara

Experiência Virtual

Esta experiência virtual faz parte da programação Ocupação Chiquinha Gonzaga e abordará duas grandes mulheres negras, que foram pioneiras na música brasileira. Chiquinha Gonzaga, pianista e maestrina, e Dona Ivone Lara, sambista homenageada em uma ocupação anterior.

Com interpretação em Libras

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: 50 vagas

Classificação etária: livre

Ingressos em: sympla.com.br/produtor/itaucultural

Dia e horário: 30/06, às 11h

Transmissão em: sympla.com.br/produtor/itaucultural

17h – Sesc Avenida Paulista – Cinevisões do Futuro

É possível usar imagens de arquivos para falar do futuro?

Assim foi pensado o filme Cinevisões do Futuro, uma obra audiovisual composta por três episódios:“Cyber Cuíca” (Direção: Cavalo Marinho Audiovisual); “Ruínas Cinéticas” (Direção: Coletivo Coletores) e “E quando chegarmos ao mirante?” (Direção: Gleba do Pêssego), reunindo imagens feitas no Sesc Avenida Paulista desde sua inauguração, em 2018.

Duração: 16 minutos (total dos três episódios)

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 30/06, às 17h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

18h – Sesc Avenida Paulista – CHAMA

CHAMA é um monumento virtual de luto em homenagem aos mortos, que integra o projeto “A Extinção é Para Sempre”, de concepção do artista plástico, compositor, diretor e escritor Nuno Ramos.

Desde 25 de maio deste ano, a imagem do fogo é transmitida ininterruptamente e assim permanecerá durante um ano. A chama principal, que nunca se apaga, está instalada no Sesc Avenida Paulista, e acontecem colaborações do mundo inteiro com chamas guardiãs. A CHAMA, portanto, é também um chamado internacional ao luto, à pausa e à dignificação de cada perda. A transmissão do site irá revezar imagens do fogo principal e das demais colaborações – que sempre serão feitas ao vivo.

Duração: 45 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 30/06, às 18h

Transmissão em: IGTV paulistacultural.oficial

20h – IMS Paulista – Conversa sobre a exposição “Mario Cravo Neto: Espíritos sem nome” com o curador Sérgio Burgi

Concebida em parceria com o Instituto Mario Cravo Neto, a exposição em cartaz no Instituto Moreira Salles, em São Paulo, foca na produção fotográfica do artista, linguagem que consagrou sua carreira. A seleção apresenta as principais séries produzidas ao longo de sua trajetória, entre as décadas de 1960 e 1990.

Sergio Burgi, coordenador e curador de Fotografia do Instituto Moreira Salles desde 1999. Formado em Ciências Sociais pela USP em 1981, cursou o mestrado (MFA) em Conservação Fotográfica pela School of Photographic Arts and Sciences do Rochester Institute of Technology (NY, EUA). Foi coordenador do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica da Fundação Nacional de Artes, no Rio de Janeiro, entre 1984 e 1991.

Mario Cravo Neto, fotógrafo, desenhista, escultor e cineasta, o baiano Mario Cravo Neto (1947-2009) circulou com desenvoltura em todas essas áreas, mas foi com sua produção fotográfica que mais se destacou no cenário das artes visuais. Artista rigoroso e sistemático, encontrou em temas como a natureza, o povo da Bahia, o candomblé e a religiosidade o material de que se nutriu para produzir fotografias que o tornaram conhecido internacionalmente. Possui obras em diversas coleções de fotografia e de arte contemporânea, de instituições como o MoMA — Museu de Arte Moderna de Nova York —, o Stedelijk Museum, em Amsterdã, o Museo Reina Sofía, em Madri. Parte do acervo do artista — cerca de 100 mil imagens — está desde 2015 sob a guarda do Instituto Moreira Salles, em regime de comodato.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 30/06, às 20h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

01/07 – Quinta-feira

10h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio

Classificação etária: Livre.

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h.

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

11h – Sesc Avenida Paulista – Videodocumentação Oficina Molina-Palatnik – Episódio 1: Mestre Molina

Composta por dois episódios, com produção e mediação do artista cinético Leonardo Gallep (Coletivo Máquina Tudo), a série de minidocs “Videodocumentação Oficina Molina-Palatnik” propõe uma imersão na biografia e no trabalho dos artistas Manuel Josette Molina e Abraham Palatnik, explorando como a vida pessoal e a produção destes artistas dialoga com a história das artes visuais no Brasil e quais são os legados e influências que os dois artistas deixaram nesta mesma história. No primeiro episódio, é abordada a vida e o trabalho de Manuel Josette Molina, popularmente conhecido como Mestre Molina.

Duração: 12 minutos

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: 01/07, às 11h e 02/07, às 15h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

15h – IMS Paulista – Oficina Arte, Memória e Inovação com Gabriela Maciel

Oficina de artes com foco nas percepções e representações da memória e no incentivo à inovação. O objetivo é trocar conhecimentos, estimular o pensamento crítico e reflexivo e a produção artística. Por meio de diálogos em grupo e criações individuais e/ou coletivas, os participantes estudarão a imagem e sua contextualização através da apresentação e da criação de obras nos mais variados formatos e suportes: foto, vídeo, filme, colagens, textos, arte digital, sonora, artes performáticas, entre outros.

Duração: 2h30

Capacidade de participantes: 12 vagas

Classificação etária: 18 anos

Inscrição prévia em: sympla.com.br/imoreirasalles

Dia e horário: 29/06, 30/06 e 01/07, às 15h

Transmissão em: Zoom sympla.com.br/imoreirasalles

17h – Centro Cultural Fiesp – Mediação Cultural Virtual da Exposição João Carlos Martins: 80 Anos de Música

O episódio especial da série de mediação cultural virtual, desenvolvido pelos mediadores do Centro Cultural Fiesp, aborda temas presentes na exposição João Carlos Martins: 80 Anos de Música, como sua trajetória de pianista a maestro, seu reconhecimento internacional como um dos grandes intérpretes de Bach do séc. XX, sua batalha contra uma doença que paralisou parcialmente suas mãos e sua luta para disseminar a música clássica por meio da atuação da Bachiana Filarmônica Sesi-SP.

Duração: 15 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Não é necessário inscrição prévia

Dia e horário: 01/07, às 17h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

18h – IMS Paulista – Aula aberta fotolivros sobre São Paulo, breve panorama

São Paulo, cidade impressa: alguns fotolivros na cabeça e uma revista velha no bolso com Ricardo Mendes

Na primeira parte do encontro com o pesquisador Ricardo Mendes, serão discutidos alguns modos de produção imagética contemporânea que têm como tema a cidade de São Paulo, para ampliar o conceito do que é documental em diferentes soluções gráficas, como o fotolivro, o livro de parede, entre outros.

Na segunda parte, Mendes aborda a edição da revista S.Paulo (1936), publicação de propaganda política que se distingue por explorar novas formas de edição gráfica e ações sobre a imagem fotográfica, contrastando o registro em negativo e positivo, o uso da fotomontagem e a massa gráfica de textos.

Duração: 90 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dia e horário: 01/07, às 18h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

20h -MASP – Avenida Paulista – Gamboa III, com Marcia Milhazes Companhia de Dança

Beatriz Milhazes: Avenida Paulista, realizada pelo MASP e pelo Itaú Cultural, é a maior exposição já dedicada à obra da artista carioca. No museu, ela está contextualizada no eixo temático das Histórias da dança e sublinha a longa parceria de Beatriz com sua irmã, a coreógrafa Márcia Milhazes. Desde 1990, elas desenvolvem projetos juntas. Os vídeos que serão apresentados registram as performances realizadas diante da pintura Avenida Paulista, feita pela artista especialmente para a mostra e doada ao MASP, e da escultura Gamboa III. Nas coreografias, os intérpretes Ana Amélia Vianna e Domenico Salvatore convidam o espectador a notar a intersecção entre os movimentos físicos e os movimentos da tela e da escultura.

Duração: aproximadamente 40 min (Avenida Paulista: 6 min e Gamboa III: 32 min)

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 01/07, às 20h

Transmissão em: IGTV paulistacultural.oficial e masp

02/07 – Sexta-feira

10h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio

Classificação etária: livre.

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h.

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

11h – Japan House São Paulo – Oficina de taiko japonês: paranku

O taiko é o tradicional tambor japonês, possuindo diversos tipos de acordo com a região. Nesta oficina voltada para o público infantil, a instituição convida o público a fazer seu próprio “paranku”, pequeno tambor japonês utilizado na dança de Okinawa, ilha localizada ao sul do Japão. O tambor será confeccionado utilizando papelão e outros materiais facilmente encontrados em casa.

Duração: cerca de 5 minutos.

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 02/07, às 11h

Transmissão em: IGTV paulistacultural.oficial

15h – Sesc Avenida Paulista – Videodocumentação Oficina Molina-Palatnik – Episódio 2: Abraham Palatnik

Composta por dois episódios e com produção e mediação do artista cinético Leonardo Gallep (Coletivo Máquina Tudo), a série de minidocs “Videodocumentação Oficina Molina-Palatnik” propõe uma imersão na biografia e no trabalho dos artistas Manuel Josette Molina e Abraham Palatnik, explorando como a vida pessoal e a produção destes artistas dialoga com a história das artes visuais no Brasil e quais são os legados e influências que os dois artistas deixaram nesta mesma história. O segundo episódio é dedicado a Abraham Palatnik, explorando sua formação como artista e suas inúmeras contribuições aos diversos movimentos da arte visual brasileira do qual fez parte.

Duração: 09 minutos

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: 02/07, às 15h.

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

17h – Itaú Cultural – Experiência Virtual: Obras e Processos de Beatriz Milhazes

Esta experiência virtual faz parte da programação da exposição “Beatriz Milhazes: Avenida Paulista”, nela o público é convidado a conhecer o processo de trabalho de Beatriz em suas diferentes técnicas e formas de expressão.

Com interpretação em Libras

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: 50 vagas

Classificação etária: livre

Ingressos em: sympla.com.br/produtor/itaucultural

Dia e horário: 02/07, às 17h

Transmissão em: sympla.com.br/produtor/itaucultural

19h – Casa das Rosas – Formação de Escritores: Passo a Passo

Existe mesmo a formação de escritores? Nesta conversa serão abordados os caminhos possíveis para a carreira literária, em seus diversos gêneros, sem modelos esquemáticos ou fórmulas mágicas.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: 250

Classificação etária: livre

Inscrição prévia em: casadasrosas.org.br/agenda

Dia e horário: 02/07, às 19h

Transmissão em: Zoom da Casa das Rosas

20h – Itaú Cultural – Show Pereira da Viola

Cantor, compositor e violeiro, Pereira da Viola é um artista ligado à cultura mineira e à sua raiz no interior quilombola e rural. A base de sua musicalidade é permeada pela ampla leitura da riqueza poética, melódica e da diversidade rítmica da música de raiz e da cultura popular.

Com interpretação em Libras

Duração: 80 minutos

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 02/07, às 20h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

03/07 – Sábado

10h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h.

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

10h – Itaú Cultural – O dia em que minha vida mudou por causa de um chocolate comprado nas Ilhas Maldivas

Era para ser um dia normal na escola, mas o melhor amigo de Mia resolveu dar a ela um presente especial, um chocolate que a faz lembrar do pai. Junto ao chocolate, um bilhete e a pergunta: “Quer sentar do meu lado hoje na perua?”. A pergunta vira o mundo de Mia de cabeça para baixo e é o ponto de partida para uma jornada de muitas dúvidas, incertezas e hormônios nesse espetáculo teatral infantil.

Com interpretação em Libras

Duração: 55 min

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dia e horário: 3/07, às 10h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

11h – Japan House São Paulo – Oficina Para imprimir o Sol

Em parceria com o Coletivo Miudezas, a Japan House São Paulo realiza a oficina de fitotipia, na qual os participantes serão transportados para o verão japonês em uma atividade de contemplação e exploração da natureza.

Infantil

Duração: cerca de 5 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 03/07, às 11h

Transmissão em: IGTV paulistacultural.oficial

15h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio.

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

15h – Sesc Avenida Paulista – O Yoga com Histórias Em Casa


Aula lúdica por meio de histórias, contos e brincadeiras que estimulam pontos importantes do yoga como valores, posturas, exercícios respiratórios e relaxamento, com o objetivo de proporcionar os benefícios físicos, mentais e emocionais para todas as famílias. Com João Soares, professor de yoga e contador de histórias, e Rosa Muniz, professora de yoga e pedagoga. Sem necessidade de conhecimentos prévios ou materiais específicos.

Infantil

Duração: 60 min
Capacidade de participantes: 100 vagas

Classificação etária: livre

Inscrição prévia em: sescsp.org.br/avenidapaulista
Dia e horário: 03/07, às 15h

Transmissão em: Zoom do Sesc Avenida Paulista

17h – Japan House São Paulo – Yonkoma: Histórias em miniatura

Yonkoma (ou 4-Koma) é como são chamadas as tirinhas japonesas com quatro quadros, histórias curtas que normalmente retratam acontecimentos cotidianos com leveza e bom humor. Este encontro abordará este tipo de narrativa a partir das tirinhas do mangá Sazae-san, de Machiko Hasegawa, que podem ser vistas na exposição “WINDOWOLOGY – Estudos de janelas no Japão”, e outros mangás neste formato.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: até 500 pessoas

Classificação etária: Livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dia e horário: 03/07, às 17h

Plataforma: Zoom da Japan House São Paulo (Link disponível no site da Paulista Cultural)

18h – Japan House São Paulo – Série “As Janelas da Paulista”

Duração: até 2 minutos cada episódio.

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia.

Dias e horários: de 29/06 a 02/07, às 10h e 03/07 às 10h, 15h e 18h.

Transmissão em: Instagram paulistacultural.oficial

18h – MASP – Arte e ativismo, com Cristina Ribas e André Mesquita

Neste bate-papo, Cristina Ribas, pesquisadora e pós-doutoranda pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, conversa com André Mesquita, curador no MASP, sobre as relações entre práticas artísticas e ativismo, e suas dimensões políticas, estéticas e coletivas dentro e fora das instituições culturais, temas presentes na antologia que será lançada pelo museu ainda neste mês. Arte e ativismo: antologia reúne 84 textos incluindo manifestos, ensaios teóricos, declarações públicas de artistas e grupos com foco na questão do engajamento político e na possibilidade de mudança social. André Mesquita é um dos organizadores da antologia ao lado de Charles Esche e Will Bradley.

Duração: 60 min

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Acesso pelo link sem inscrição prévia

Dia e horário: 03/07, às 18h

Transmissão ao vivo em: IG paulistacultural.oficial e masp

19h – Casa das Rosas – Sarau “A Plenos Pulmões” Curadoria: Paulo D’auria

Incentivando a literatura escrita e falada, o sarau reúne poetas que desejam apresentar sua produção aos ouvidos atentos. O microfone fica aberto para todos, estejam com o poema na mão ou na ponta da língua.

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: 200
Classificação etária: livre

Inscrição prévia em: casadasrosas.org.br/agenda

Dia e horário: 03/07, às 19h

Transmissão em: Google Meet da Casa das Rosas

20h – Centro Cultural Fiesp – Jean William & Quinteto Bachiana Sesi-SP in live

Neste concerto especial para a Paulista Cultural, realizado no teatro do Centro Cultural Fiesp, os músicos do Quinteto Bachiana Sesi-SP, formado por musicistas da Bachiana Filarmônica Sesi-SP, acompanham a voz do jovem tenor Jean William, considerado um dos expoentes do canto lírico nacional. No repertório estão músicas como Eleanor Rigby (The Beatles), Your Song (Elton John), Sweet Child O’Mine (Guns N’ Roses) e Oceano (Djavan).

Duração: 60 minutos

Capacidade de participantes: livre

Classificação etária: livre

Não é necessário inscrição prévia.

Dia e horário: 03/07, às 20h

Transmissão em: Facebook paulistaculturaloficial

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

  • Mais Acessados
  • Arquivo

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!