Alfabetização: mitos e verdades

A fase de alfabetização é um período importante na vida de uma criança. Ao adquirir a capacidade de ler, ela abre as portas para novos conhecimentos, descobrindo assuntos até então desconhecidos e ampliando sua capacidade de compreender o mundo ao seu redor.

Pensando nisso, a pedagoga Bruna Duarte Vitorino, atualmente coordenadora do setor pedagógico do Kumon, preparou dicas para ajudar na prática da atividade neste momento de isolamento social

  1. A criança pequena deve só brincar para se desenvolver – MITO

A primeira infância é o momento mais importante para a aprendizagem. “Já reparou a velocidade com que as crianças pequenas começam a falar e construir raciocínios? Isso é porque a criança até os 6 anos tem uma capacidade de aprendizagem que é praticamente o dobro do que ela terá dos 7 anos em diante”, diz Bruna.

É nesta fase que ela começa a registrar e a desenvolver diversas perspectivas da vida, como comportamental, social, evolução cognitiva e até mesmo em aspectos físicos. Lições assimiladas neste período de crescimento serão levadas para a vida inteira, por isso este é considerado um momento crucial no desenvolvimento de uma pessoa.

2. Incluir jogos educativos estimulam a alfabetização – VERDADE

Jogos para estimular as funções executivas e as atividades físicas são essenciais para potencializar o processo da alfabetização, pois, além de promover a coordenação motora, ainda trabalha o autocontrole, a socialização e proporciona maior qualidade de vida para a criança.

3. Alfabetização é ensinar a ler e escrever – MITO

“O processo de alfabetização não é apenas aprender a ler e escrever. Trata-se de um caminho longo e cheio de etapas que não podem atrapalhar ou interromper a aprendizagem da criança. Praticar atividades físicas e inserir na rotina jogos didáticos, de coordenação motora e que estimulem as funções executivas, são fundamentais para facilitar o processo de alfabetização infantil”, ressalta a pedagoga.

4. Antes de a criança começar a escrever é importante desenvolver a coordenação motora fina – VERDADE

Antes de começar a parte escrita é importante desenvolver a coordenação motora fina. “Aqui a dica é brincar de pintar desenhos sem ultrapassar as margens estipuladas e depois podem evoluir para o traçado de linhas e curvas. Essas atividades podem ser encontradas em revistas de passatempo ou impressas da internet. Começar a desenvolver a coordenação motora ao mesmo tempo em que está aprendendo a escrever pode deixar o processo ainda mais difícil e desmotivar a criança”, aponta Bruna.

5. As crianças não devem ter acesso aos livros até que aprendam a ler – MITO

Não é porque eles ainda não dominam a leitura que não devam ter acesso a livros desde cedo. É importante que eles estejam expostos a um ambiente alfabetizador com livros e atividades para estimular o desenvolvimento.

O Kumon oferece as disciplinas de matemática, português, inglês e japonês¹ para alunos de todas as idades e as matrículas podem ser realizadas em qualquer período do ano.

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!