Museu da Língua Portuguesa: instituição terá horário diferenciado nos dias de jogos do Brasil na Copa

Com três feriados em novembro, sendo um deles prolongado, o Museu da Língua Portuguesa, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, é uma ótima opção de passeio neste mês para toda a família.

Além de sua exposição principal e da nova mostra temporária, a Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação, promoverá uma série de atividades especiais ao longo desse período.

O Museu da Língua Portuguesa funcionará normalmente nos feriados de Finados (2 de novembro, quarta-feira), Proclamação da República (15 de novembro, terça-feira) e Consciência Negra (20 de novembro, domingo). Nesta última data, a entrada será gratuita para todos os públicos.

Nos dois feriados anteriores, os ingressos custarão R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) – crianças até 7 anos não pagam. Aos sábados, incluindo o dia 19 (no fim de semana do Dia da Consciência Negra), a entrada também é gratuita para todos os visitantes, como ocorre normalmente.

Quem se programar para vir ao Museu terá acesso à sua exposição principal, onde poderá conhecer vários aspectos da língua portuguesa, seja ela falada no território brasileiro ou em outras partes do mundo. Experiências como o Nós da Língua, o Português do Brasil e o Falares apresentam a diversidade do português, idioma falado por mais de 260 milhões de pessoas. Outro destaque é a Praça da Língua, uma experiência audiovisual em que trechos de textos da rica literatura portuguesa são projetados no teto.

Desde o dia 12 de outubro está em cartaz a Nhe’ẽ Porã: Memória e Transformação, a nova mostra temporária do Museu da Língua Portuguesa. Com curadoria da artista e ativista Daiara Tukano, a exposição, que reúne mais de 50 profissionais indígenas, entre pesquisadores, linguistas e artistas, busca mostrar outros pontos de vista sobre os territórios materiais e imateriais, histórias, memórias e identidades dos povos originários do Brasil, trazendo à tona suas trajetórias de luta e resistência.

Na mostra, além de obras de artistas plásticos contemporâneos como Paulo Desana e Jaider Esbell, há curtas-metragens dirigidos por cineastas, como Graciela Guarani e Shawara Maxakali, e áudios com as vozes de Davi Kopenawa e Ailton Krenak. Objetos interativos permitem que os visitantes ouçam dezenas de línguas indígenas.

O projeto conta com a articulação e o patrocínio máster do Instituto Cultural Vale, o patrocínio do Grupo Volvo e da Petrobras, e o apoio de Mattos Filho – todos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Conta, ainda, com a cooperação da UNESCO, no contexto da Década Internacional das Línguas Indígenas, e das seguintes instituições: Instituto Socioambiental, Museu da Arqueologia e Etnologia da USP, Museu do Índio da Funai e Museu Paraense Emílio Goeldi.

O Museu da Língua Portuguesa ainda promoverá várias atividades em alusão ao Mês da Consciência Negra, sendo que no fim de semana do Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, haverá sarau e visitas temáticas à exposição principal. Toda a programação será divulgada em breve.

Copa do Mundo
Novembro também marca o início da Copa do Mundo 2022, que acontecerá no Catar. Quando houver jogo do Brasil, o Museu da Língua Portuguesa terá funcionamento diferenciado.

Nos dias 24 de novembro (quinta-feira), quando a seleção masculina jogará contra a Sérvia, e 2 de dezembro (sexta-feira), quando a equipe entrará em campo contra Camarões, o Museu fechará às 14h – duas horas antes do início de ambas as partidas, que começarão às 16h. A entrada será permitida até as 12h30.

Em 28 de novembro (segunda-feira), dia do jogo contra a Suíça, o Museu da Língua Portuguesa estará fechado para manutenção, como ocorre normalmente às segundas-feiras.

SERVIÇO
Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz s/n – Luz – São Paulo
De terça a domingo, das 9h às 16h30 (permanência até as 18h)

Nos dias 2 (Finados), 15 (Proclamação da República) e 20 de novembro (Dia da Consciência Negra): horário normal

Nos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo
24 de novembro, quinta-feira (contra Sérvia), e 2 de dezembro, sexta-feira (contra Camarões): Museu aberto até as 14h, com entrada permitida até as 12h30
28 de novembro, segunda-feira (contra Suíça): Museu fechado (como ocorre normalmente às segundas-feiras)

R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Grátis aos sábados (e também em 20 de novembro, domingo, Dia da Consciência Negra)
Crianças até 7 anos não pagam
Venda de ingressos na bilheteria ou pela internet: https://bileto.sympla.com.br/event/68203

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!