Especialista fala sobre a importância da autonomia na aprendizagem escolar

Organizar o quarto, os brinquedos, se vestir e comer sozinho… essas são atividades comuns do dia a dia dos pequenos, mas a noção de responsabilidade sobre essas tarefas pode ser uma chave para o desenvolvimento infantil saudável. A orientadora pedagógica Márcia Fonseca, do Colégio Objetivo DF, explica que desenvolver a autonomia desde cedo traz benefícios significativos, especialmente no contexto escolar.

De acordo com a especialista, o senso de autonomia é um estímulo na alfabetização e começa em casa, com a família cobrando um planejamento dentro de casa para promover a rotina e responsabilidade das crianças. “A falta desse estímulo pode resultar em desafios acadêmicos e comportamentais ao longo do tempo, por isso, sempre reforçamos na escola que a família deve estar de acordo com a escola e incentivar a criança a se desenvolver e ser autônoma”, conclui.

A especialista pontua alguns pontos chave sobre a importância da autonomia na aprendizagem:

1. Responsabilidade desde cedo: Márcia enfatiza a necessidade de estimular as crianças a desenvolver responsabilidades, incluindo cuidar dos pertences, organizar sua agenda, cumprir tarefas em casa e na escola. Isso é importante em todas as fases da criança e vai ajudá-la a se tornar um adulto independente e responsável.

2. Rotina e conscientização: criar uma rotina diária com as crianças é fundamental para a autonomia. Para isso, é crucial ensinar desde cedo que elas precisam de horário para acordar, ir ao banheiro, escovar os dentes e organizar lanches, brinquedos, entre outras atividades.

3. Integração de atividades e responsabilidades: estimular a autonomia por meio de brincadeiras lúdicas e ações práticas, como organizar brinquedos e tarefas domésticas, também contribui para o desenvolvimento da responsabilidade e autonomia.

4. Estímulo em sala de aula: Márcia destaca que os professores também têm um papel importante no estímulo à independência dos pequenos. Mesmo na educação infantil, os alunos podem ser incentivados a cuidar de seus pertences, organizar a limpeza da mesa e desenvolver a responsabilidade em sala de aula.

5. Parceria entre escola e família: a autonomia no aprendizado escolar é paralela à vivência da rotina familiar. Por isso, de acordo com a orientadora, a escola deve ser uma parceira da família. Nesse contexto, é fundamental que a rotina escolar seja atribuída às crianças primeiramente em casa, desenvolvendo autonomia desde tarefas simples até o processo de leitura.

6. Reflexos na adolescência: não estimular o senso de responsabilidade nas crianças pode deixar reflexos até na adolescência, quando os estudantes estão no ensino fundamental 2 e no ensino médio. Crianças que não foram incentivadas a desenvolver autonomia podem se tornar dependentes dos pais, apresentando baixo rendimento escolar e dificuldade em organizar suas rotinas.

7. Organização da rotina familiar: a falta de uma rotina familiar organizada também pode ser negativa no desempenho escolar, pois crianças que não têm horários específicos para atividades diárias podem apresentar dificuldades em tarefas do dia a dia. Atos simples como amarrar o cadarço, organizar os materiais, ajudam na pega do lápis para o processo do desenvolvimento da escrita na alfabetização.

“O movimento de pinça (coordenação motora fina) ajuda a criança a segurar o lápis, em consequência, no aprendizado da escrita, da letra cursiva e caixa alta. Esses pequenos estímulos são fundamentais para desenvolver a autonomia e o processo da escrita e letramento”, acrescenta Márcia Fonseca.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!