II Ocupa MAB celebra o 20 de novembro no Museu Afro Brasil Emanoel Araujo com música, gastronomia e muita inovação

No dia 20 de novembro, o Museu Afro Brasil Emanoel Araujo, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, abre suas portas para comemorar o ponto alto da programação desta data que se tornou feriado estadual este ano.

Neste Dia da Consciência Negra, o Museu apresenta o segundo Ocupa MAB, evento que celebra a arte e a cultura negra em novas vertentes, a partir da música, da moda e da gastronomia, com diversas atrações repletas de sabor e identidade negra.

A música é uma entrada para novas descobertas na ampla cultura diaspórica proveniente do continente africano. E a gastronomia vai surpreender com a explosão dos sabores provenientes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Egito, Marrocos, República Democrática do Congo, Sudão e Uganda.

O Museu abre as atividades honrando nossos ancestrais, através da Roda de Jongo com o Grupo Jongo Filhos da Semente, celebrando uma expressão cultural brasileira fortalecida através da oralidade dos mais velhos. Atravessamos o dia com oficina de capoeira, uma das maiores representações da cultura afro-brasileira, ministrada pelo Mestre Limãozinho. Celebramos o samba com o Samba de Dandara, grupo composto somente por integrantes mulheres e terminamos a programação com mais gingado na Resenha Black Bom, que trará ao Museu um aulão de charme para iniciantes, seguido de um grande baile. 

Logo no início do dia, pensando em saúde e bem-estar, a instrutora de Kemetic Yoga, Ana Sou, conduzirá a prática que ouve o corpo e age sobre as partes que precisam de mais energia e restauração. Tudo isso a partir da cultura africana, que incentiva o equilíbrio da natureza.

Além disso, o Museu Afro Brasil Emanoel Araujo une forças com o Museu das Favelas, para trazer toda a potência de empreendedores parceiros, estimulando o empreendedorismo de pessoas negras e periféricas, afro-brasileiras e africanas, com muita moda em roupas e acessórios.

Outra novidade é a parceria com a Produtora Boogie Naipe, com parte da programação da  Boogie Week, Festival de Cultura Preta, acontecendo de 21 a 24 de novembro no Museu, permitindo que a programação do Mês da Consciência Negra se estenda para além do II Ocupa MAB. A programação contará com palestras, mesas de debate e exibição de filme para crianças no Teatro Ruth de Souza ao longo da semana, com entrada gratuita, mediante doação de 1 kg de alimento não perecível que será destinado a instituições parceiras do Museu. 

“A intenção das parcerias é unir forças, trazendo para a programação do Museu a potência da cultura africana e afro-brasileira, estimulando o pensamento crítico e elevando a diversão e a celebração da nossa raiz”, afirma Zelia Peixoto, coordenadora de Produção e Programação Cultural do Museu Afro Brasil Emanoel Araujo.Acesse AQUI as fotos de divulgação 🙂

Sobre o Museu das Favelas: O Museu das Favelas é um equipamento da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas de São Paulo, sediado no Palácio dos Campos Elíseos, edifício tombado e localizado no centro da capital, que nasce de um processo colaborativo com pessoas que vivenciam o cotidiano das favelas.

Boogie Week – informações e ingressos: 

Idealizado pela empresária e advogada Eliane Dias, o evento inaugura espaço para a produção cultural, artística e intelectual desenvolvidas por e para pessoas pretas, com show inédito dirigido por Mano Brown e o cantor americano de R&B October London como parte das atrações, de 21 a 25 de novembro de 2023, que também ocorrem no Museu Afro Brasil Emanoel Araujo.

Sobre o Museu Afro Brasil Emanoel Araujo: O Museu Afro Brasil Emanoel Araujo é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo administrada pela Associação Museu Afro Brasil – Organização Social de Cultura. Inaugurado em 2004, a partir da coleção particular do seu idealizador, Emanoel Araujo (1940-2022), o museu é um espaço de história, memória e arte. 

Localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, dentro do mais famoso parque de São Paulo, o Parque Ibirapuera, o Museu conserva, em cerca de 12 mil m2, um acervo museológico com mais de 8 mil obras, apresentando diversos aspectos dos universos culturais africanos e afro-brasileiro e abordando temas como religiosidade, arte e história, a partir das contribuições da população negra para a construção da sociedade brasileira e da cultura nacional. O museu exibe parte deste acervo na exposição de longa duração e realiza exposições temporárias, além de diversos eventos dentro de sua programação. 

SERVIÇO

II Ocupa MAB – 20 de novembro de 2023: das 9h às 18h

9h – 10h – Kemetic Yoga com Anna Sou

10h- 18h – Feira de Música, Moda e Gastronomia 

10h – 17h – Visitação às exposições do Museu, com entrada gratuita

10h – 11h – Roda de Jongo, com Grupo Jongo Filhos da Semente

11h – 12h – Oficina de Capoeira com Toca do Mestre Limãozinho

14h – 16h – Roda de Samba com Samba de Dandara

16h – 18h – Resenha Black Bom, com aulão de charme para iniciantes 

No dia 20 de Novembro de 2023: Programação gratuita. 

Endereço: Museu Afro Brasil Emanoel Araujo (Parque Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, portão 10, São Paulo – SP, 04094-050)

Funcionamento: terça a domingo, 10h às 17h (permanência até às 18h)

Estacionamento (Parque Ibirapuera)

Horário: das 5h à 0h

Acessos: Portões 3 e 7 

Preço: segunda a sexta, R$ 11; sábado, domingo e feriado R$ 13

Acessibilidade

  • Rampas de acesso do piso térreo ao piso superior
  • Cadeiras de rodas mecânica e motorizada
  • Passagens amplas que permitem o trânsito pelas exposições
  • Bancos posicionados no espaço expositivo       
  • Educadores formados para atender diversos públicos com necessidades diferenciadas
  • Tradução em libras simultânea durante as conversas na galeria

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!