Musical infantojuvenil PinóQuio chega ao CCBB SP

O musical PinóQuio estreia dia 6 de maio, 19h, no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, para temporada até 6 de junho. PinóQuio tem 30 canções e textos feitos sob encomenda pelo maestro e compositor Tim Rescala. Concepção e encenação são de Miguel Vellinho, da Cia PeQuod – teatro de animação.



A partir da história do italiano Carlo Collodi (1826-1890), autor de “As aventuras de Pinóquio”, o espetáculo enfatiza a importância da ética e da educação na formação do indivíduo desde a mais tenra idade, com menor importância para o nariz do boneco de madeira que se alonga a cada lorota.

A história se passa no Circo Collodi, em que os mestres de cerimônia são os cantores-atores Mona Vilardo, soprano, e Santiago Villalba, barítono. Além disso, participam com outros personagens num vaivém espantoso, marca onipresente em toda a encenação. Pinóquio é interpretado por Liliane Xavier, que não sai de cena um só minuto. Geppetto é feito por Marcio Nascimento e Marise Nogueira interpreta o Grilo Falante. A Fada Azul é uma ode às mães e também ganha uma interpretação poética de Mona Vilardo.

O musical evidencia possibilidades do folhetim de Collodi para narrar a saga do pequeno herói no amadurecimento e construção de valores éticos, sempre iluminando a importância da educação. Afinal, Pinóquio quer deixar de ser boneco de madeira para se tornar gente. Tudo tem um preço, como ele vivencia a cada tropeço mesmo sempre amado pelo pai adotivo Geppetto.

O público de São Paulo não perde por esperar. A cada sessão, de 100 minutos, inexiste instante para cochilo. O personagem-título, por exemplo, não sai do palco nunca. Liliane Xavier corre, pula, faz números com perna-de-pau, deita e rola sem perder o fôlego. Os demais atores idem. Todos cantam, dançam, tocam instrumentos e movimentam peças do cenário numa sucessão de cenas zero tédio. O vaivém é cirurgicamente cronometrado, costurado pelas canções de Tim Rescala.

Nunca antes o boneco de madeira que queria virar gente teve sua história contada dessa forma. Pode crer! Aventureiro que se acha supra-sumo da esperteza, cara-de-pau toda vida, engambela o pai Geppetto, cabula aula e passa cada sufoco que só vendo. Afinal, sempre tem alguém cheio de maldade querendo se aproveitar da inocência de uma criança.



Sinopse: Espetáculo conduzido pela Cia. PeQuod, que contará a verdadeira história de Pinóquio, escrita pelo italiano Carlo Collodi. Ao resgatar a versão original, a companhia monta sua primeira opereta que se passa no Circo Collodi, palco em que o famoso boneco, que sonha em se tornar um menino, passa por um rito de passagem marcado por reflexões sobre educação, moral, amor familiar e o culto à mentira no mundo contemporâneo. A montagem soma à linguagem do teatro de animação, música e circo.



Musical PinóQuio

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

De 06 de maio a 06 de junho

Horário: Segunda e Sexta, 19h | Sábado e Domingo, 15h

Ingressos: R$15 e R$ 30, pelo site bb.com.br/cultura

Duração: 100 minutos | Lotação: 120 lugares

Classificação indicativa: Livre (indicado para crianças a partir de 7 anos)

Acessibilidade para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou deficiência visual.

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, Triângulo SP, São Paulo–SP

Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô

Funcionamento: Aberto todos os dias, das 9h às 19h, exceto às terças

Informações: (11) 4297-0600

Estacionamento conveniado: Rua da Consolação, 228.

Valor: R$ 14 pelo período de até 6 horas. É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.

Traslado gratuito até o CCBB. No trajeto de volta, a van tem parada na estação República do Metrô.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!