Programação de janeiro no Museu Judaico de São Paulo

Para quem está na cidade e deseja aproveitar o que São Paulo tem de melhor, o Museu Judaico de São Paulo (MUJ) oferece uma vasta e rica programação para toda família no mês de janeiro. 

Museu Judaico de São Paulo

No domingo (22/01), o “Sarau de Poesia Lésbica e Judaica” – em memória às vítimas do Holocausto – relembra a trajetória das lésbicas perseguidas pelo regime nazista, retratando o tema com projeções de vídeos e rodadas de leituras poéticas. 

Dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, acontece a visita teatralizada “Samuel Roder e seu monumento”, ação teatralizada para falar sobre arquitetura, território e tempo. Para o feriado de aniversário da cidade, outra boa pedida é visitar a mostra “Modernas! São Paulo visto por elas”, uma coletânea de  imagens captadas entre as décadas de 1940-1990, pelas lentes de sete fotógrafas de ascendência judia que escolheram São Paulo como lar. 

E, em cartaz até dia 29 de janeiro, a mostra “Descer da Nuvem”, de Leila Danziger, apresenta uma coleção de livros, fotografias e antigos documentos do Centro de Memória da Instituição, um convite à reflexão sobre sua própria história por meio dos retratos e recordações,

Todas as atividades são gratuitas.

Confira a programação completa:

21/01: Sábado

Livro Vivo – “Da minha janela”

21.01, às 11h30

Sinopse: Atividade de mediação – com arte educadores – de leitura musicalizada do livro Da Minha Janela. Como você vê a cidade da sua janela? A cidade de São Paulo faz aniversário e queremos comemorar junto com você!

Visita Teatralizada – “Dois Imigrantes”

21.01, às 15h

Sinopse: Atores interpretam imigrantes recém-chegados ao país e apresentam o espaço museológico e as lembranças que carregam em suas malas.

22/01: Domingo

Sarau de Poesia Lésbica e Judaica – Em memória as vítimas do Holocausto

22.01, às 16h

Sinopse:

Para lembrar as trajetórias de lésbicas perseguidas pelo regime nazista, o Arquivo Lésbico Brasileiro (ALB), o Gaavah (coletivo judaico LGBTQIA+ do Instituto Brasil-Israel) e o Museu Judaico de São Paulo (MUJ) vão promover um evento no dia 22 de janeiro, domingo, das 16h às 18h.

A data foi escolhida considerando que janeiro é o mês dedicado à lembrança das vítimas do holocausto, e haverá uma apresentação sobre o tema, projeções de vídeos, e rodadas de leituras poéticas.  O evento será conduzido por Daniela Wainer (Gaavah), Paula Silveira-Barbosa (ALB) e Felipe Chaimovich (MUJ). Como convidadas, teremos: Hanna Korich, Martina Davidson e Rivka Ramos Mendes.

25/01: Quarta-feira

Visita Teatralizada – “Samuel Roder e seu monumento”

25.01, às 14h

Sinopse: O templo Beth-el que hoje abriga o Museu Judaico de São Paulo, foi projetado pelo arquiteto russo Samuel Roder há muitos anos. Dia 25 de janeiro é aniversário de São Paulo e o Museu Judaico é parte do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da cidade. Essa ação teatralizada fala de arquitetura, território e tempo.

Tranças no território

Memórias para o Futuro

O projeto Tranças no Território do Museu Judaico de São Paulo realiza no dia 25/01 a ação “Memórias para o Futuro”, um roteiro de visitas e atividades com o intuito de proporcionar aos visitantes uma viagem no tempo por meio da museologia, do teatro e da música. A fim de reconhecermos o nosso passado, compreendermos o presente e projetarmos quais memórias vamos plantar e cultivar para o nosso futuro. 

Roteiro de visitação:

13h às 13h30 – Visita ao Museu Bixiga.

14h – 14h30 – Visita ao Museu Judaico de São Paulo no evento “Visita teatralizada, Samuel Roder e seu monumento”

15h – Visita à Ocupação 9 de julho com ensaio aberto do Bloco Pagu e apresentação dos espaços, história e propostas da ocupação e MSTC.

18h – Encerramento

27/01: Sexta-feira

Visita resistência

27.10 – 10h e 14h

Você sabe o que foi o nazismo? O fascismo na Europa e sua expressão brasileira, o integralismo? Na exposição de longa duração “Judeus do Brasil: histórias trançadas” é possível conhecer um pouco sobre esses movimentos e suas consequências nefastas para a história.

Neste mês, dedicado à lembrança das vítimas do holocausto, e diante de tantas manifestações recentes que fazem alusão ou apologia a valores fascistas e nazistas, o Museu Judaico de São Paulo entende a necessidade de desempenhar um papel pedagógico que combata o avanço desse fenômeno na sociedade brasileira. Para que o público possa conhecer mais sobre o assunto, oferecemos visitas com mediação em nossa área do Memorial ao Holocausto.

No percurso da visita, serão apresentados documentos, objetos e depoimentos audiovisuais sobre a ascensão do nazismo na Alemanha, do fascismo na Itália e do partido nazista no Brasil, assim como sobre a Shoá. Também serão compartilhadas reflexões sobre memória, direitos humanos e resistência.

https://bileto.sympla.com.br/event/78222/d/176863/s/1195348

28/01: Sábado

Teatro de Sombras – “A menina que partiu no trem”

28.01, às 11h30

Sinopse: 27 de janeiro é dia Internacional da Lembrança do Holocausto e o Núcleo de Educação e Participação do Museu Judaico apresenta a contação de história A Menina que Partiu no Trem com teatro de sombras.

Visita Teatralizada – “Samuel Roder e seu monumento”

28.01, às 15h

Sinopse: O templo Beth-el que hoje abriga o Museu Judaico de São Paulo, foi projetado pelo arquiteto russo Samuel Roder há muitos anos atrás. Essa ação teatralizada fala de arquitetura, território e tempo.

Lançamento Catálogo – “Modernas! São Paulo vista por elas”

28.01, às 16h

Sinopse: Dia 28 de janeiro, às 16h, acontece o lançamento do catálogo da exposição “Modernas! São Paulo vista por elas”.

Além do texto das curadoras Ilana Feldman e Priscyla Gomes, a publicação conta com artigos inéditos das pesquisadoras Helouise Costa, Lúcia Lima, Érika Zerwes, Rosane Pavam e Yara Schreiber Dines. Nela, o leitor é convidado a mergulhar na produção dessas mulheres modernas que  contribuíram incontornavelmente para a modernização da fotografia brasileira e para a construção de um outro imaginário da cidade e de seus habitantes.

Durante o lançamento, acontece uma conversa entre Helouise Costa, Ilana Feldman e Priscila Gomes.

 Na ocasião o catálogo será vendido ao preço promocional de R$50.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!