Telas em excesso: O perigo para a visão das crianças e adolescentes durante as férias

Você já se pegou pensando sobre o quanto as telas fazem parte do dia a dia dos nossos filhos? Em um mundo onde smartphones e tablets são quase extensões dos dedos e quase 90% das crianças brasileiras estão conectadas à internet, os pais se deparam com o desafio de equilibrar o uso de telas na vida de seus filhos. Com a chegada das férias escolares, esse dilema familiar se torna ainda mais evidente, afinal nem todas as famílias conseguem conciliar as férias das crianças com as suas. Com isso, temos pais imersos no trabalho, crianças ociosas, e as telas acabam sendo usadas em excesso.
 

Consequências do mundo digital nos olhos dos pequenos:
 

A Sociedade Brasileira de Pediatria reforça a importância do contato físico e da presença dos pais na formação dos vínculos afetivos, desaconselhando o uso de telas por bebês. “Celulares antes dos 2 anos? Melhor evitar. Até os 10 anos, o ideal é maneirar. Sugiro substituir o celular por uma televisão, posicionada a uma distância segura, e estabelecer um tempo diário, evitando sessões prolongadas”, detalha Anna Haddad, Oftalmopediatra da Rede Hospital Casa que continua:
 

“Há risco para a saúde e isso é ciência, porém, não tem como negar que cada família tem a sua configuração e necessidade, por isso é importante encontrar um equilíbrio entre a diversão digital”.
 

Miopia infantil
 

“O uso excessivo de celulares pode impactar negativamente no desenvolvimento visual das crianças. O tempo prolongado em frente às telas está diretamente associado ao aumento da miopia”, diz a especialista que detalha:
 

“A miopia é uma condição ocular que afeta a capacidade de enxergar claramente objetos distantes, enquanto os próximos permanecem nítidos. Nas crianças, essa condição está se tornando cada vez mais prevalente, e o uso frequente de telas pode desempenhar um papel crucial nesse cenário”.
 

Quando os olhinhos dão sinais de alerta
 

Identificar os sinais de miopia nas crianças é crucial para uma intervenção precoce, como relembra a médica. “O mais importante é manter uma rotina anual de visitas a um oftalmologista. Além disso, pais devem observar sintomas como o esforço visual excessivo ao assistir à TV, ler ou realizar tarefas escolares, bem como o hábito de franzir a testa ou apertar os olhos para tentar enxergar melhor. A miopia pode se manifestar também através de dores de cabeça frequentes, irritação ocular e dificuldade em enxergar objetos distantes, especialmente durante atividades ao ar livre”, esclarece a doutora Anna Haddad que destaca a importância de buscar avaliação oftalmológica para um diagnóstico preciso.

“Observou seu filho grudado na tela mais do que o normal? Esse pode ser um sinal de alerta para o vício. É importante lembrar que as telas devem ser uma ferramenta educativa, não uma substituição para as conexões reais. É preciso ficar atento aos hábitos e garantir um equilíbrio saudável”, afirma Anna Haddad, Oftalmopediatra da Rede Hospital Casa, que diz ser possível minimizar os efeitos negativos do uso excessivo de telas. “Pausas regulares durante o tempo de exposição é essencial para preservar a saúde ocular”.
 

Férias, telas e o desafio dos pais
 

Durante as férias, quando a rotina muitas vezes se desfaz, é comum que o tempo em frente às telas aumente. A profissional enfatiza que, mesmo diante dos desafios da vida moderna, os pais podem encontrar maneiras de limitar o uso de telas, priorizando o desenvolvimento saudável da visão de seus filhos.
 

Estabeleça limites com carinho: Horários são importantes, mas flexibilidade também.

Aprendizado divertido: Escolha conteúdos educativos que encantem os pequenos.

Tempo ao ar livre: Equilibre o tempo de tela com atividades externas. Os olhos agradecem!

Conversa sempre aberta: Promova um diálogo sobre o uso consciente das telas.

Seja um modelo: Seja um exemplo de equilíbrio no uso de tecnologia. Não utilize o celular na hora das refeições, quando seu filho te procurar, pare e preste atenção. Você é exemplo.

Ao seguir essas dicas, você proporcionará uma experiência digital mais saudável para seus filhos, permitindo que explorem o mundo virtual com responsabilidade e, acima de tudo, cuidando do bem mais precioso: a saúde dos olhinhos curiosos que enxergam um mundo cheio de descobertas.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!