Espetáculo “À Beira do Sol” chega a São Paulo para temporada no Sesc Belenzinho

O espetáculo ‘À Beira do Sol’, que tem direção e dramaturgia de Naira Carneiro (Cia Os Buriti) e Eduardo Rios (Cia Barca dos Corações Partidos), chega a São Paulo para temporada no Sesc Belenzinho, de 13 a 28 de maio, aos sábados e domingos, sempre ao meio-dia e dia 16 de maio, terça-feira, às 15h.

O enredo tem como ponto de partida a temática da loucura e inspiração em personalidades como Arthur Bispo do Rosário e o Profeta Gentileza, além de relatos da psiquiatra Nise da Silveira, para compor uma viagem fantástica pelas águas profundas do inconsciente.

Na montagem, a única atriz em cena, Naira Carneiro, interpreta Arian – a Vigia do Sol. A personagem recebe um aviso: no momento em que o Sol se puser, ele não retornará mais. E com o aviso, uma missão: a de vigiar o Sol para que ele não se ponha.

Naira compõe sua atuação em uma interação corporal vigorosa com o cenário – um grande tecido branco que ocupa todo o chão do palco e que é suspenso por cordas móveis, assumindo inúmeras formas, em uma espécie de dança, que dialogam com a personagem e a história. Ora embarcação, ora mar revolto, ora lua, prédios ou céu estrelado, o tecido é cenário e personagem. Tal recurso cênico materializa um dos pontos chaves da montagem: o limiar entre a realidade e a imaginação, e como as experiências pessoais de cada um criam percepções diversas sobre o mundo e como elas podem coexistir e conviver.

Sinopse

À Beira do Sol conta uma história doida. Doida não no sentido de confusa, mas no sentido de inacreditável. Arian recebe um aviso: no momento em que o Sol se puser, ele não retornará mais. Nunca mais nesse mundo nascerá uma manhã. E com o aviso, uma missão: a de vigiar o Sol para que ele não se ponha. É preciso vigiar! Mas na cidade os prédios insistem em esconder o Sol o tempo todo. E se, numa dessas, o Sol aproveita para se pôr de uma vez? Arian pega uma jangada e adentra o mar. O plano: remar sempre em direção ao Sol, que, no vasto oceano, não tem onde se ocultar. A nuvem Caralâmpia, sua fiel escudeira, acompanha a personagem.

Sobre a Cia Os Buriti

A Cia Os Buriti – Teatro de Dança foi criada em 1995 e se dedica a montar espetáculos para todas as idades, fundindo diferentes linguagens artísticas. Fundada por Eliana Carneiro, a companhia é composta por seus filhos Naira Carneiro e Guian Larrea, as atrizes Camila Guerra e Renata Rezende e pelos músicos Jorge Brasil, André Togni, Daniel Pitanga, Marília Carvalho, Diogo Vanelli e Carlos Frazão. Sediada em Brasília, a companhia já produziu 15 espetáculos teatrais, 3 álbuns musicais, 3 livros infantis, 2 curtas e uma série de 12 videoclipes. Seus trabalhos já circularam por todo o território nacional e foram apreciados em países como Alemanha, Áustria, Espanha, França, Grécia, Índia, Itália, Paraguai, Portugal e Romênia. A tônica do trabalho da Cia Os Buriti é o gesto e o movimento. O intuito é despertar a imaginação de crianças e adultos por meio de histórias autorais baseadas na tradição popular de diferentes culturas. Os espetáculos unem a força da cadência narrativa a uma fisicalidade que rompe barreiras entre o teatro e a dança. A Cia tem a característica de pesquisar e de criar trilhas sonoras originais que são executadas ao vivo. A Cia Os Buriti já montou os seguintes espetáculos: À Beira do Sol (2022); Depois do Silêncio (2021); Lampião no Céu (2017); KALO – Filhos do Vento (2016); Aurora (2016); Os Buriti Contam Histórias (2013); Cantos de Encontro (2012); Blima – Imagens do Sagrado (2012); Varal de Histórias (2010); Lia de Manaká (2010); Trilogia de Gênios da Música (2007); Cordas e Contos (2006); O Marajá Sonhador e Outras Histórias (2004); A Menina que Veio do Céu (2001); Inana A Grande Mãe (1997); Os Buriti Dançam Bamboo (1995).

À Beira do Sol
Dias 13, 14, 20, 21, 27 e 28 de maio, às 12h. 16 de maio, às 15h

Local: Teatro (364 lugares)
Valores: R$ 40 (inteira); R$ 20 (Meia entrada), R$ 12 (Credencial Sesc)
Ingressos à venda no portal sescsp.org.br e nas bilheterias das unidades Sesc
Recomendação etária: Livre
Duração: 50 minutos

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h.

Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!