MAM Educativo promove programação especial para Semana dos Museus em maio

A programação do MAM Educativo convida o público para participar no mês de maio de atividades que fomentam uma produção cultural plural e diversa a partir de eixos temáticos. A programação é gratuita e compreende desde as culturas da infância, popular, de rua e gênero à diversidade étnica, presentes no ambiente cultural artístico do museu.


Com atividades educativas em celebração ao Dia Mundial do Brincar, no dia 25 de maio, a programação do mês conta ainda com uma série de atividades elaboradas para a 22ª Semana Nacional de Museus, que este ano traz como temática Museus, educação, pesquisa.

A partir de uma parceria entre MAM Educativo e o Educativo do Itaú Cultural, as duas instituições convidam o público para uma a atividade Visita Expandida: Claudia Andujar – Cosmovisão e George Love: além do tempo, que passará por ambas as exposições.

Confira a programação na íntegra e participe!
04/05 (sáb) às 15h
Família MAM
Oficina de criação de capas com fotos e recortes com Luna Aurora Souto/Luna Dy Córtes
Na exposição George Love: além do tempo, somos convidados a conhecer uma das facetas deste artista enquanto fotógrafo editorial, função que o aproximou de temas cotidianos, civis e urbanos. Ao pensar nessa relação, faremos um laboratório no qual o público será convidado a montar uma capa de revista autoral. Para isso, vamos explorar e realizar fotografias autorais e selecionar de materiais de recorte, criando, assim, um inventário visual para a montagem do editorial.

Luna Aurora Souto/Luna dy Córtes é escritora, artista multimídia e beletrista pela Universidade de São Paulo. Publicou Mem(orais): poéticas de uma Byxa-travesty preta de cortes pela editora Urutau (2019) e Prospectos: feitiços entre o tempo, o vórtex, o eu e o eco, pela mesma editora, em 2023. Pesquisa as interdisciplinaridades de linguagens focando na escrita em conjunto com as discussões sobre identidade de gênero.

Atividade presencial e gratuita, para crianças a partir de seis anos, acompanhadas de seus responsáveis. Inscrições com 30 minutos de antecedência com o MAM Educativo na recepção do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

05/05 (dom) às 15h
Domingo MAM
Karaokê: a natureza na voz com MAM educativo
Inspirados na exposição Santídio Pereira: paisagens férteis, o MAM Educativo convida o público a soltar a voz com músicas que apresentam a natureza como fonte de inspiração.

Atividade presencial e gratuita. Aberta ao público. Na Marquise no entorno do MAM (verificar local no dia na recepção do MAM). Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência.

11/05 (sáb) às 14h
Contatos com a arte
Visita Expandida: Claudia Andujar – Cosmovisão e George Love: além do Tempo
Buscando ampliar para o público a relação de vida e trabalho de Claudia Andujar e George Love, o Itaú Cultural e o MAM realizam, em parceria, uma Visita Expandida que ocorrerá nas duas exposições. A ideia é que possamos conhecer, fazer leituras e vivenciar trabalhos consolidados e extremamente significativos, principalmente quando falamos de Amazônia e de resistência dos povos originários.

Com início da visita no Itaú cultural, seguimos em seguida para o MAM, no Parque Ibirapuera, e, após o término da atividade, o transporte retorna ao Itaú Cultural, na Avenida Paulista. Aqueles que preferirem podem permanecer no museu ao final.

Atividade presencial e gratuita para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes, artistas e aberta ao público em geral. Inscrições abertas do dia 01 de maio de 2024 até o dia 08 de maio de 2024. Via formsteck. Número total de vagas: 20. Com duração aproximada de 3h.   Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

12/05 (dom) – 11h e 15h [Dia das Mães – último dia exposição]
Programa de Visitação
Visita espontânea à exposição George Love: além do tempo com MAM Educativo
A visita aberta ao público com MAM Educativo no último dia da exposição George Love: além do tempo . A atividade convida os participantes a trocarem experiências e reflexões a partir das fotografias de George Love.

Atividade presencial, gratuita e livre para todos os públicos. Inscrições com 30 minutos de antecedência com o MAM Educativo na recepção do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência.

14/05 (ter) às 10h – online
Contatos com a arte + Semana dos museus
Culturas da infância no museu com Mirela Estelles

Com o propósito de aproximar os bebês e suas famílias das exposições de arte e promover o acesso da primeiríssima infância a atividades lúdicas, artísticas e educativas no ambiente do museu, nasceram os percursos poético-musicais na programação do Família MAM. Nesses percursos, a proposta é realizar a mediação de obras através de jogos musicais, rodas de versos e cantos da cultura tradicional da infância numa abordagem que considera a especificidade dessa faixa etária, e ao mesmo tempo cultiva a memória do patrimônio cultural pela experiência, interação e brincar.

Neste encontro, Mirela Estelles irá compartilhar de maneira prática e teórica as experiências vividas nas exposições do museu, bem como os percursos poético-musicais realizados no Jardim de Esculturas. Cantigas e brincadeiras irão permear as conversas e as trocas com o público. 

Mirela Estelles é mediadora cultural que investiga os desdobramentos da narração de histórias na educação em museus e exposições de arte. Estudou Comunicação das Artes do Corpo na PUC-SP e especializou-se em Linguagens da Arte no Centro Universitário Maria Antônia, onde iniciou as pesquisas e atividades do projeto Histórias para Ver e Ouvir (2011-).

Com experiência em arte contemporânea, educação, livro e leitura, culturas da infância, patrimônio imaterial e públicos de museus, realiza a curadoria de exposições e de projetos educativos em escolas, livrarias, bibliotecas, museus e outras instituições culturais, com atenção aos aspectos de acessibilidade e diversidade na gestão cultural de equipes multidisciplinares. Atualmente coordena a área de educação do Museu de Arte Moderna de São Paulo, onde atua desde 2009. Neste museu, fez a curadoria da exposição  Elementar: fazer junto (2023); idealizou os projetos: Semana das Culturas da Infância (2012-), Festival Corpo Palavra (2021-) Histórias no Jardim (2022-) e estruturou o programa com narrações simultâneas em português e libras (2011), que originaram o projeto Histórias para Ver e Ouvir (2020).

Atividade virtual e gratuita, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições online no site oficial do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

16/05 (qui) às 16h – online
Contatos com a arte + Semana dos museus + Arte e Acessibilidade
Acessibilidade criativa e arte educação no museu: estéticas não visuais com Leonardo Sassaki
A acessibilidade estética ou criativa pode abrir diversos novos caminhos para se repensar o acesso de pessoas e suas singularidades às obras de arte. Repensar o conceito de estética para algo além do sentido visual e como criar diálogos entre os outros sentidos de uma maneira criativa dentro de uma exposição de artes visuais, seja ela contemporânea ou não. Neste encontro, vamos refletir sobre o conceito de acessibilidade em museus para além da informação, trilhando maneiras de se construir experiências estéticas não visuais ricas para todos.

Leonardo Sassaki é educador e artista visual. Formado em Licenciatura em Artes Visuais, especialista em educação inclusiva e pós-graduando em audiodescrição, investiga práticas sinestésicas e multissensoriais em arte-educação, visando a acessibilidade cultural e inclusão de pessoas com deficiência. Trabalhou com educação não formal no terceiro setor nas áreas de assistência social e educação e atualmente integra a equipe educativa do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Também é idealizador da “Sentindo os Sentidos”, empresa prestadora de serviços em acessibilidade e arte educação.

Atividade virtual e gratuita, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições online no site oficial do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

18/05 (sáb) às 15h
Família MAM + Semana dos museus
Paisagens férteis, Lataria Espacial: contação de história com Luna dy Córtes, Amanza e Pedro Oliveira
Inspirada nas exposições Santídio Pereira: paisagens férteis e Lataria Espacial de Emmanuel Nassar, a contação de história percorrerá as duas exposições por meio da música, sonhos e memórias de maneira lúdica e educativa. 

Luna Aurora Souto/Luna dy Córtes é escritora, artista multimídia, educadora e beletrista pela Universidade de São Paulo. Publicou Mem(orais): poéticas de uma Byxa-travesty preta de cortes pela editora Urutau (2019) e Prospectos: feitiços entre o tempo, o vórtex, o eu e o eco pela mesma editora em 2023. Pesquisa as interdisciplinaridades de linguagens focando na escrita em conjunto com as discussões sobre identidade de gênero.

Amanda Alves Vilas Boas Oliveira ou Amanza é estudante de História da Arte na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Formada em Técnico de Comunicação Visual. Realizou oficinas de desenho de observação no Safo Coletivo e foi organizadora do Slam Tiquatira em 2018. Em 2020 finalizou a Iniciação Científica sobre “Mapeamentos e reconhecimento dos coletivos culturais da COHAB II – Itaquera” pela Unifesp Zona Leste. Atualmente, é artista-educadora em museus, pesquisadora e fotojornalista. Suas produções se relacionam com o tema do direito à cidade, ocupação do espaço urbano e coletivos culturais periféricos.

Pedro Queiroz é graduando de Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo. Amante da fotografia, possui uma trajetória de cobertura de manifestações populares. Utiliza a fotografia como forma de ativismo, buscando apresentar e construir, através de seu olhar, sua própria narrativa, com foco na preservação das identidades negras. Além disso, também é arte educador em formação no MAM São Paulo.

Atividade presencial e gratuita, para crianças a partir de três anos, acompanhadas de seus responsáveis. Inscrições com 30 minutos de antecedência com o MAM Educativo na recepção do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

19/05 (dom) às 15h
Domingo MAM
Breaking Ibira
Breaking Ibira é um evento criado por b.boys e b.girls (nomenclatura atribuída a dançarinos de breaking) que tem por objetivo reunir b.boys e b.girls para celebrar a cultura hip hop, encontrar desafios através da dança e expressar sua criatividade e habilidade em suas sessions (sequência organizada de passos de breaking). Desde 2017, em parceria com o MAM São Paulo, tem atraído pessoas de diversas regiões de São Paulo e um público significativo tanto de praticantes de breaking quanto de admiradores da cultura.

Atividade presencial, livre. Aberta ao público. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

21/05 (qui) às 10h – online
Contatos com a arte + Semana dos museus
Pedagogia das artesanias na arte educação com Amanda Falcão
A atividade tem como objetivo entrelaçar os processos artesanais aos processos pedagógicos, propondo, ainda que lenta, a ideia de uma pedagogia artesanal. Entre tantas formas de pensar educação e todos os contextos em que o aprender e o ensinar se encontram, se modificam, brincam e jogam entre suas posições e se transformam, essa atividade parte do pensamento que a poética no avesso dos fazeres artesanais, sobretudo aqueles que envolvem as linhas: macramê, tricô, crochê, tear, bordado, filigrana e etc, apresenta infinitas possibilidades de analogias em relação aos processos pedagógicos. Com a temática “museus, educação e pesquisa”, a proposta de Amanda Falcão é uma conversa e troca de ideias a partir de experiências e referências no contexto da arte educação.

Amanda Harumi Falcão é artista, educadora e artesã. Formada em bacharelado de Artes Visuais e licenciatura em Artes, onde desenvolveu a pesquisa de iniciação científica “O Bordado como linguagem na mediação cultural”. Atuou em educativos de instituições culturais como Sesc Pompeia e Sesc 24 de Maio, lecionou o curso “Oficina de Bordado Livre: Costurando Memórias, Afetos e Reflexões” em Oficinas Culturais, proponente da “Vivência de Bordado Poético” no Instituto Adelina e atualmente é educadora no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Em suas pesquisas, busca costurar a relação entre memória e o fazer artesanal e, também, criar estratégias e caminhos para o cruzamento dos saberes populares com os processos da mediação cultural e arte educação.

Atividade virtual e gratuita, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições online no site oficial do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

22/05 (qua) às 10h30
Contatos com a arte
Escrevivências das infâncias: Poéticas e Relações Sociais com Mafuane Oliveira
Por meio da sensibilização da narração de histórias, essa oficina pretende contribuir no fortalecimento da construção da identidade pessoal e na ressignificação do papel da memória coletiva dos participantes, que serão envolvidos em atividades práticas e teóricas. Iniciaremos um registro “escrevivendo” memórias coletivas e “transcriando” as nossas micro histórias de vida, dentro dos processos das relações criadas pela formação histórica político-social das diversas culturas brasileiras.

Mafuane Oliveira, contadora de histórias, escritora, educadora e mestranda no Instituto de Artes da UNESP. Tem dedicado suas pesquisas aos temas da memória, performance, oralituras afro-brasileiras, literatura infanto-juvenil e culturas da infância. É criadora da Cia Chaveiroeiro, projeto de narração de histórias e formação de professores. Apresentadora do programa de televisão Contos Rá-Tim-Bum e coautora do livro “Mesma Nova História”.

A convite das embaixadas do Brasil em Moçambique e em São Tomé e Príncipe ministrou em ambos os países cursos sobre mediação de leitura e narração de histórias para professores da educação básica e jovens artistas. Trabalhou formadora no Núcleo de Educação Étnico-racial da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, pesquisadora e consultora da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e como podcaster do UNICEF no Brasil, no programa “Deixa que eu Conto”, roteirizando episódios relacionados a biografias e culturas afro-brasileiras, destinados à infância e educadores. Atualmente é consultora de projetos culturais e educacionais relacionados à oralidade, literatura, arte e educação étnico-racial.

Atividade presencial, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições com 30 minutos de antecedência com o MAM Educativo na recepção do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

22/05 (qua) às 19h
Programa de Visitação + #mamonline (post instagram e youtube)
Momento mediação: Santídio Pereira
A mediação é uma das práticas do MAM Educativo para estabelecer conexões entre o público e as exposições em cartaz. Nesta série mensal de vídeos, um educador do MAM apresenta a exposição Santídio Pereira: paisagens férteis, em cartaz no museu.

23/05 (qui) às 16h – online
Contatos com a arte
Atenções, reflexões e provocações sobre identidade de gênero e arte com Luna Aurora Souto/Luna Dy Córtes
A partir de interligações entre artistas trans femininas com o Museu de Arte Moderna de São Paulo, este encontro tem como intuito voltar a atenção coletiva para questões acerca do respeito e valorização aos debates de identidade de gênero e busca, ainda, trazer reflexões pertinentes ao fazer artístico e pedagógico.  Para tal, serão apresentados alguns disparadores poéticos, uma curadoria de artistas e jogos mediativos.

Luna Aurora Souto/Luna dy Córtes é escritora, artista multimídia, educadora e beletrista pela Universidade de São Paulo. Publicou Mem(orais): poéticas de uma Byxa-travesty preta de cortes pela editora Urutau (2019) e Prospectos: feitiços entre o tempo, o vórtex, o eu e o eco, pela mesma editora, em 2023. Pesquisa as interdisciplinaridades de linguagens focando na escrita em conjunto com as discussões sobre identidade de gênero.

Atividade virtual e gratuita, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições online no site oficial do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

24/05 (sex) às 11h
Família MAM + Semana Mundial do Brincar
Percurso poético musical para bebês com MAM Educativo
O MAM Educativo convida todas as famílias com bebês para participar de um percurso poético musical lúdico e interativo inspirado na exposição Santídio Pereira: paisagens férteis, em cartaz no MAM.

Atividade presencial e gratuita, para bebês de 0 meses a 2 anos, acompanhadas de seus) responsáveis. Inscrições com 30 minutos de antecedência com o MAM Educativo na recepção do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

25/05 (sáb) às 15h
Família MAM + Semana Mundial do Brincar
Contos Animados de Animais com Laís Cintra
Neste espetáculo de contação de histórias, quatro contos entremeados por cantigas, trava-línguas e brincadeiras tradicionais são apresentados ao público: um tatu que procura a sua casa, um macaco que quer cocadas, as confusões entre uma onça e um macaco, entre outras peripécias protagonizadas por animais da fauna brasileira.

Laís Cintra, graduada em Pedagogia, especialista em Linguagens da Infância pelo Centro Universitário Ítalo Brasileiro, e em Narração Artística pela Casa Tombada, tem formação como educadora brincante pelo Instituto Brincante, atriz pelo Senac SP e bailarina pela Royal Academy of Dance. É contadora de histórias, professora de Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de São Paulo e ministra oficinas sobre temas relacionados às Linguagens da Infância.

Atividade presencial e gratuita. Aberta ao público. Na Marquise no entorno do MAM (verificar local no dia na recepção do MAM). Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência. A participação nas atividades educativas garante a gratuidade nas exposições do MAM.

26/05 (dom) às 15h
Domingo MAM + Semana Mundial do Brincar
Show “Mariquinha e os Bichos do Brasil” com Histórias de Brincar
Mariquinha é uma garota que vive em um sítio com sua avó. Todos os dias, sobe a montanha acompanhada de seus bichos de estimação, para ver o sol nascer. Certa manhã, é surpreendida por um cavalo que a convida a galopar nas “asas da imaginação”. Com ele parte para conhecer um pouco mais sobre a cultura de seu país, contando com a ajuda dos bichos da terra, da água e do céu, que vivem em diversos cantos do Brasil. Guiadas pelo grupo Histórias de Brincar, crianças e suas famílias farão uma viagem imaginária a este encantado universo. Com Flora Barcellos, Flora Poppovic e Marina Siqueira.

Histórias de Brincar é formado por Flora Barcellos, Marina Siqueira e Flora Poppovic, um projeto protagonizado por três artistas que perceberam na Cultura Popular Brasileira o espaço que buscavam para confluência do que desejavam desenvolver nas esferas da música, dança, educação e cultura da infância. Desde 2014, o grupo desenvolve um trabalho de shows, oficinas, formação de educadores e prestação de consultoria em instituições educacionais e de outros portes, além de uma web série de vídeos, em que apresentam histórias contadas oralmente, permeadas por canções e brincadeiras da cultura popular. Os temas são norteados pelos Ciclos da Cultura Brasileira (carnavalesco, junino e natalino) e nossas Matrizes Étnicas Formadoras (ibérica, indígena e africana).

Atividade presencial e gratuita. Aberta ao público. Na Marquise no entorno do MAM (verificar local no dia na recepção do MAM). Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48h de antecedência.

28/05 (ter) às 10h – online
Contatos com a arte
Práticas para um currículo antirracista com Sansorai Oliveira
Este encontro tem o objetivo de refletir coletivamente sobre práticas para a promoção de uma educação antirracista, tendo como referência o Currículo da Cidade de São Paulo: Educação antirracista, publicado em 2022. A partir das múltiplas linguagens artísticas como teatro, artes visuais e fotografia, iremos nos debruçar nas práticas de artistas contemporâneos que tratam desta temática em suas produções.

Sansorai Oliveira é educadora, psicóloga, atriz e produtora cultural. Desde 2004 é trabalhadora da cultura. Trabalhou em instituições como o CAISM Philippe Pinel, CEU’s, Fundação Bienal de São Paulo, Espaço Cultural Porto Seguro e unidades do SESC-SP. De 2006 a 2018 participou da II Trupe de Choque, grupo de pesquisa teatral da cidade de São Paulo. Atualmente, é educadora no MAM São Paulo e integra o coletivo de gestão da OKUPAÇÃO CULTURAL CORAGEM na Cohab 2 em Itaquera.

Atividade virtual e gratuita, para professoras(es), educadoras(es), pesquisadoras(es), estudantes e artistas, aberta ao público. Inscrições online no site oficial do MAM. Para intérprete de Libras ou audiodescrição, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência. Para emissão de certificado, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br após a atividade, com comprovante de inscrição em anexo.

28/05, 29/05 e 30/05 (ter, qua, qui) às 19h
Família MAM + #mamonline (post instagram e youtube) + Semana Mundial do Brincar
Histórias no Jardim com Mafuane Oliveira
A série de vídeos “Histórias no Jardim” convida o público para uma relação do lúdico e do brincar com as obras do Jardim, com narrações de histórias e apresentações musicais que contam com a participação de Ana Luísa Lacombe, Grupo êBA!, Grupo Sementeira e Cristino Wapichana. Nesta edição, contamos com a presença da contadora de histórias Mafuane Oliveira.
Histórias no Jardim com Mafuane Oliveira | Como a sabedoria se espalhou pelo mundo
Histórias no Jardim com Mafuane Oliveira | A mesma nova história
Histórias no Jardim com Mafuane Oliveira | A senhora das águas

Mafuane Oliveira, contadora de histórias, escritora, educadora e mestranda no Instituto de Artes da UNESP. Tem dedicado suas pesquisas aos temas da memória, performance, oralituras afrobrasileiras, literatura infanto-juvenil e culturas da infância. É criadora da Cia Chaveiroeiro, projeto de narração de histórias e formação de professores. Apresentadora do programa de televisão Contos Rá-Tim-Bum e co-autora do livro “Mesma Nova História”. A convite das embaixadas do Brasil em Moçambique e em São Tomé e Príncipe ministrou em ambos os países cursos sobre mediação de leitura e narração de histórias para professores da educação básica e jovens artistas. Trabalhou formadora no Núcleo de Educação Étnico-racial da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, pesquisadora e consultora da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e como podcaster do UNICEF no Brasil, no programa “Deixa que eu Conto”, roteirizando episódios relacionados a biografias e culturas afro-brasileiras, destinados à infância e educadores. Atualmente é consultora de projetos culturais e educacionais relacionados à oralidade, literatura, arte e educação étnico-racial.

29/05 (qua) às 19h
Programa de Visitação + #mamonline (post instagram e youtube)
Experiência Poética Isogravura com MAM Educativo
A isogravura é uma técnica de impressão manual que lembra o processo utilizado em xilogravuras. Como uma alternativa e forma de reciclar os isopores descartados, propomos um novo uso inspirado nas obras da exposição Santídio Pereira: paisagens férteis.

Serviço
Maio com MAM Educativo 
Período: De 4 a 29 de maio

Local:  Museu de Arte Moderna de São Paulo
Endereço: Parque Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portões 1, 2 e 3)
Horários: terça a domingo, das 10h às 18h (com a última entrada às 17h30)
Ingressos: R$30,00 inteira e R$15,00 meia-entrada. Aos domingos, a entrada é gratuita e o visitante pode contribuir com o valor que quiser.

*Meia-entrada para estudantes, com identificação; jovens de baixa renda e idosos (+60). Gratuidade para crianças menores de 10 anos; pessoas com deficiência e acompanhante; professores e diretores da rede pública estadual e municipal de São Paulo, com identificação; amigos e alunos do MAM; funcionários das empresas parceiras e museus; membros do ICOM, AICA e ABCA, com identificação; funcionários da SPTuris e funcionários da Secretaria Municipal de Cultura.

Telefone: (11) 5085-1300
Acesso para pessoas com deficiência
Restaurante/café
Ar-condicionado
Mais informações:

MAM São Paulo
Mais informações: www.mam.org.br

www.instagram.com/mamsaopaulo

lwww.facebook.com/mamsaopaulo

www.youtube.com/@mamsaopaulo

www.twitter.com/mamsaopaulo

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!