Mostra interativa “Floresta Encantada”  na Caixa Cultural São Paulo

Unindo os saberes dos povos indígenas com tecnologias de última geração, o duo VJ Suave transforma a Caixa Cultural São Paulo em uma “Floresta Encantada”, a partir deste sábado (23), com uma mostra interativa que proporciona ao visitante, uma experiência para diversos sentidos. Com recursos de realidade virtual, animações 3D, games interativos e sons espacializados para transportar o público para uma floresta, onde é possível escolher caminhos e ações, a visitação é gratuita e pode ser feita de terça a sábado, das 10h às 18h e aos domingos, das  9h às 17h. 

A ideia é utilizar as novas mídias e tecnologias de realidade virtual como ferramentas, para disseminar conhecimentos pertencentes ao patrimônio cultural imaterial brasileiro para as pessoas.

Formado por Ygor Marotta Ceci SoloagaVJ Suave é um duo de artistas audiovisuais especialistas em arte digital e projeção em movimento. Exibindo um conceito de arte, próximo ao graffiti, só que digital, a dupla mescla tecnologia com street art, propondo em suas obras e ativações, um momento único de conexão entre o espectador e a cidade. 

Se em seus trabalhos de projeção o objetivo é soltar os personagens na cidade, agora eles vão mais longe e trazem os espectadores para dentro do seu universo, onde podem interagir com o cenário, objetos, personagens e também com seu próprio corpo.

“Queremos que o participante, por meio da suavidade e imersão no mundo encantado, entre em sintonia com os sons do ambiente, timbre dos instrumentos, bem como com a diversidade da flora e da beleza dos animais, despertando, assim, a relação e o cuidado com a natureza”, comenta Ygor Marotta, artista visual e um dos idealizadores da mostra.

“O projeto é uma ponte para o contato com sabedorias ancestrais através da experiência proporcionada pela  realidade virtual”, reforça Ceci Soloaga.

SOBRE A MOSTRA

Os rituais e celebrações ao redor do fogo talvez sejam as lembranças mais antigas acerca da história da humanidade. Por isso, dentro da proposta interativa, há uma roda de luz onde experiências sonoras e visuais são trocadas com o participante. Desde o Uacari-Branco com seu chocalho sagrado, até o músico viajante que te convida a tocar seu atabaque. Ao colocar os óculos de realidade virtual, as pessoas são transportadas para a Floresta Encantada, lar de energias místicas e elementos marcantes da cultura, fauna e flora brasileira, o espaço virtual e interativo também conta com uma fogueira que permite uma verdadeira imersão nos poderes da natureza. 

Entre os seres da Floresta Encantada, estão a onça-pintada com toda a sua delicadeza felina e o Pajé Txuã, curandeiro muito poderoso, que conduz as pessoas que procuram o caminho do auto-conhecimento, usando a sabedoria das plantas sagradas para serem guiadas para outras dimensões. As falas do Pajé foram criadas a partir de uma entrevista que o dúo fez com Txuã Pakamayte, uma das lideranças do Povo Huni Kuin da região do Rio Envira, no Acre. Além de ceder seus conhecimentos, Txuã também empresta sua voz ao personagem da instalação. 

O espaço da galeria ainda conta com cenografia e paisagismo com plantas naturais, iluminação laser, aromatização e som surround. Além disso, réplicas dos cristais presentes na experiência virtual estarão compondo a ambientação, para promover uma atmosfera mais imersiva onde o projeto será apresentado.

TEXTO CURATORIAL 

Por Giselle Beiguelman, artista e pesquisadora em arte digital

Nesta exposição o convite é para ver o invisível. Somos desafiados a ultrapassar a fronteira das noites urbanas, nas quais nos acostumamos a ver as projeções em grande formato do dúo VJ Suave, e adentrar o território da Floresta Encantada pelos olhos da Realidade Virtual.

Combinando tecnologias de última geração com saberes imemoriais dos povos indígenas, Ceci Soloaga e Ygor Marotta nos levam a um mundo que responderá aos nossos gestos e movimentos.

No jogo proposto pelo dúo não há obstáculos a vencer, mas um percurso no qual se estabelecem relações com os personagens e com as coisas. É preciso entrar em sintonia com os sons do ambiente, com a música dos instrumentos, com a diversidade da flora e dar-se conta da beleza dos vaga-lumes. Isso demanda atenção, suavidade e imersão dos participantes.

Toda uma nova pedagogia do olhar está em pauta aí. Ela pressupõe uma outra visualidade: a que enxerga, a partir do invisível, com a mente em simbiose com todos os órgãos do corpo.

Confiram aqui o Trailer e Making Of da mostra.

FLORESTA ENCANTADA DO VJ SUAVE TOMA CONTA DA CAIXA CULTURAL SÃO PAULO COM MOSTRA IMERSIVA E REALIDADE VIRTUAL

Na caixa Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo – SP 

GRATUITO

Coquetel de Abertura: Sábado (23), a partir das 11h

Visitação: Terça a Sábado, das 10h às 18h, Domingo 9h às 17h

Instagram: @vjsuave

Site: https://www.vjsuave.com

YouTube: VJ Suave

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!