SBP alerta sobre os efeitos do uso de telas na visão das crianças

Além dos problemas já alertados constantemente pelos pediatras – como alterações no sono, aumento no risco de obesidade, sedentarismo e transtornos de saúde mental e problemas comportamentais – as telas também têm um impacto direto na saúde dos olhos das crianças e adolescentes. Para explicar as repercussões a curto prazo que o uso constante de smartphones e outros dispositivos digitais podem causar na visão dos pequenos, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) lança nova publicação, produzida pelo Grupo de Trabalho de Oftalmologia Pediátrica da entidade.

Os efeitos oculares de longo prazo do celular e dos outros dispositivos digitais portáteis ainda são desconhecidos, mas o documento ressalta que já é possível identificar como esse hábito tem impactado a visão das crianças. Segundo os oftalmologistas, têm sido relatados efeitos na acomodação, superfície ocular, motilidade ocular e associação como fator de risco para miopia, acompanhados de sintomas extra oculares como dores no ombro e pescoço, cefaléia e dor nas costas.

CLIQUE AQUI PARA LER NA ÍNTEGRA.

Diante desse cenário, explicam os médicos, é preciso seguir algumas orientações para amenizar esses efeitos. Entre as recomendações às crianças estão: pisquem para estimular a hidratação dos olhos; façam um descanso com mirada a longa distância, numa luz natural, durante o uso das telas; buscar um especialista para avaliar a necessidade do uso de lágrimas artificiais; e manter as telas à distância de um braço e em um ângulo ligeiramente descendente do rosto das crianças.

Além de ajustar as configurações da tela do computador, incluindo contraste e brilho, para que seja confortável para as crianças, os médicos também dizem ser fundamental que os pais e responsáveis incentivem as crianças a saírem ou brincarem ao ar livre. A exposição à luz solar – cerca de 11 a 14 horas semanais – exerce fator protetivo sobre a incidência de miopia.

O Grupo de Trabalho de Oftalmologia Pediátrica da SBP é coordenado pelo dr. Fábio Ejzenbaum e composto pelos seguintes drs: Célia Regina Nakanami, Dirceu Solé, Galton Carvalho Vasconcelos, Julia Dutra Rossetto, Luciana Rodrigues Silva, Luisa Moreira Hopker e Rosa Maria Graziano.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!