Agosto Dourado: lactantes devem manter alimentação balanceada e hidratação 

A amamentação é um dos atos mais valiosos e naturais que existem, fornecendo ao bebê os nutrientes necessários para um desenvolvimento saudável. No Brasil, o Mês de agosto representa a campanha do Aleitamento Materno. Paloma Popov, mestre em Nutrição do Centro Universitário de Brasília (CEUB), enfatiza os benefícios nutricionais do leite materno e sua relevância para fortalecer o sistema imunológico dos bebês, com indicação para as lactantes priorizarem uma alimentação balanceada associada à hidratação adequada. 

Paloma Popov destaca que o leite materno é uma fonte completa de nutrientes para os bebês nos seis primeiros meses de vida. Ele contém todos os elementos necessários para o crescimento adequado da criança, incluindo água, proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas e sais minerais. “O leite materno auxilia no desenvolvimento do imunológico, neurológico e metabólico da criança”, explica. “Além de suprir todas as necessidades do bebê, as imunoglobulinas presentes no leite materno fortalecem o sistema imunológico da criança, ajudando-a a combater infecções e doenças”, acrescenta.

Em relação a mães com restrições alimentares, como veganismo, Paloma Popov destaca que, desde que a mãe tenha uma alimentação adequada e hidratação suficiente, a amamentação pode ser mantida. “Existem muitos mitos em relação à força do leite produzido pelas mães, mas a única coisa que pode aumentar a quantidade e qualidade do leite materno é a mãe priorizar uma alimentação balanceada associada à hidratação.

Para a professora de Nutrição do CEUB, a amamentação vai além de nutrir o bebê de forma necessária e saudável, uma vez que também traz vantagens para a mãe. Ela descreve como um ato cuidado que fortalece o vínculo entre mãe e filho, contribuindo para o crescimento e saúde da criança nos primeiros meses de vida. “Amamentar ajuda a reduzir os riscos de câncer de mama e colo do útero, além de promover a contração uterina, auxiliando na recuperação pós-parto”, destaca.

Cenário no Brasil

De acordo com o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil realizado pelo Ministério da Saúde, cerca de metade das crianças brasileiras são amamentadas por mais de 1 ano e 4 meses. O levantamento aponta que quase todas as crianças do país já foram amamentadas em algum momento (96,2%), sendo que dois em cada três bebês recebem amamentação na primeira hora de vida (62,4%).

Aleitamento materno

Agosto Dourado, também conhecido como Mês do Aleitamento Materno, é dedicado à promoção da amamentação. Nesse mês, também é comemorada a Semana Mundial de Aleitamento Materno, criada pela OMS e UNICEF para conscientizar sobre seus benefícios. O leite materno é considerado um alimento completo para o crescimento saudável dos bebês, o que explica a escolha da cor dourada para representar sua importância. Tanto a OMS quanto o Ministério da Saúde recomendam a manutenção do aleitamento materno até os dois anos de idade ou mais, oferecendo exclusivamente leite materno até o sexto mês de vida.

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!