Zoo de SP apresenta primeiro habitat interpretativo para espécies

O Zoo de São Paulo iniciou seu processo de modernização e o primeiro ambiente imersivo, concebido sob o moderno conceito de “Habitat Interpretativo”,
o espaço “Xochimilco”, será apresentado ao público a partir deste sábado (1).

A novidade irá proporcionar uma experiência educativa e, ao mesmo tempo, divertida, sobre os Axolotes, espécie de salamandra nativa do México ameaçada de extinção pela captura ilegal
para comercialização, e pela urbanização desordenada na região de seu habitat natural, o Lago
Xochimilco, próximo à Cidade do México.

“Essa importante inauguração marca não só o início da modernização do Zoo de SP, mas também o início de uma parceria com a Secretaria de Meio Ambiente da Cidade
do México (SEDEMA) para promover intercâmbio de expertise nos cuidados com a espécie, levantar fundos para apoiar ações de pesquisa e conservação no
habitat natural da espécie, além de divulgar a cultura do México em relação a esses animais, bem como os esforços da SEDEMA e das Universidades mexicanas para a conservação das 17 espécies de Axolotes, todas sob risco de extinção”, revela Eduardo Rigotto,
sócio gestor da Reserva Paulista, concessionária responsável pela gestão e modernização do Zoo, Zoo Safári e Jardim Botânico de São Paulo.

A Secretaria do Meio Ambiente do México é a responsável pela gestão do “Zoo de
Chapultepec”, na Cidade do México, o qual possui um Centro de Conservação de Anfíbios e o Museu do Axolote. A parceria permitirá, aos visitantes do Zoo de SP, acesso aos conteúdos e informações técnicas dos pesquisadores mexicanos nos painéis temáticos
e demais elementos interpretativos da experiência imersiva.

Conhecidos também como “monstros da água”, os Axolotes são anfíbios um tanto quanto peculiares, ao começar pelo fato de serem encontrados apenas em lagos na Cidade
do México, possuírem três pares de brânquias externas e terem uma alta capacidade regenerativa. Infelizmente, poucos exemplares ainda são encontrados na natureza. A captura para o comércio ilegal, juntamente com a perda de habitats e poluição são fatores que
contribuíram para que a espécie fosse classificada como criticamente ameaçada, segundo IUCN.

“Para dar visibilidade ao projeto e amplificar as mensagens de conservação, fechamos parceria também com o youtuber Marco Tulio, o “Authentic” do canal
“Authentic Games”, famoso pelo game “Minecraft”, para que ele seja nosso “Embaixador”, revela Rigotto. No jogo, os axolotes são aliados dos jogadores nas batalhas aquáticas.

“Este é o primeiro espaço sob o conceito chamado de “Edutainment” (education +
enterteinment”), inédito em Zoológicos brasileiros e já aplicado em Zoos modernos dos Estados Unidos e alguns lugares na Europa.  Iniciamos a jornada de modernização do Zoo, do Zoo Safári e do Jardim Botânico de São Paulo, e estamos felizes em unir,
pela primeira vez, em um único projeto, infraestrutura moderna, educação, entretenimento e conservação”, finaliza Rigotto.

A experiência

A experiência inicia na parte externa do espaço, onde os visitantes poderão começar a imersão com aparatos educativos interativos (hands-on) contendo informações
sobre a biologia da espécie. Com mais de 230 m², o espaço “Xochimilco” terá três ambientes, cada um abordará diferentes temáticas. A cenografia do ambiente apresentará a temática México, com elementos interativos e educativos que abordarão os assuntos: local
nativo, aspectos biológicos e conservação; os elementos de comunicação e educação contarão com estruturas visuais, táteis e auditivas, em formas de painéis, textos e vídeos.

§
Ambiente 1, temática abordada: Uma viagem ao México: os axolotes e a cultura mexicana. Painéis temáticos e elementos cenográficos
transportarão os visitantes até a Cidade do México, especialmente ao Lago Xochimilco, local onde os Axolotes ocorrem naturalmente. Sendo uma espécie com grande presença na cultura e mitologia mexicana, esse espaço também irá promover a conexão dos visitantes
com elementos culturais, lendas e histórias que fazem parte do conhecimento tradicional mexicano.

§
Ambiente 2, temáticas abordadas: Axolotes: quem são e quais existem no mundo?; Ameaças e conservação: o que está acontecendo
com as espécies?; Mudando a realidade: o que vem sendo feito no México para ajudar a salvar essa espécie?; Após mergulhar na relação da cultura mexicana com os axolotes, os visitantes poderão conhecer características do ciclo de vida desses animais, informações
sobre o grupo dos anfíbios, se conectar com conteúdos sobre as 17 espécies de axolote existentes no mundo, além de descobrir as características biológicas desses animais.

Ainda nesse ambiente, terão a oportunidade de tocar e compreender o ambiente e as características do animal por meio de um diorama tátil, em um totem central, e elementos táteis do ciclo de vida. Ao conhecer características da espécie, o visitante será transportado ainda no ambiente para o questionamento sobre quais as ameaças que tornam a espécie em perigo de se extinguir na natureza, por meio de painéis temáticos.

Para finalizar o Ambiente 2, os visitantes poderão encontrar informações sobre ações que instituições do México, como profissionais e pesquisadores do Zoológico
de Chapultepec, na Cidade do México, realizam para mudar a realidade de inúmeras espécies de axolote.

§
Ambiente 3, temáticas abordadas:  Minha atitude ajuda os axolotes: o que EU posso fazer para ajudar a salvar as espécies?

  • Se conectando com os animais: experiência imersiva nos aquários dos axolotes. Dois elementos interpretativos serão contemplados nesse espaço: um totem contendo conteúdos de ações que os visitantes, especialmente as crianças e adolescentes, podem realizar
    para ajudar a conservação a espécie, trazendo o elemento do engajamento e protagonismo para a experiência; um espaço com dois aquários para promover a conexão das pessoas com os indivíduos sob cuidados humanos no Zoo SP.

Os visitantes serão guiados por uma narrativa educativa e lúdica presente em painéis educativos e aparatos interativos. O objetivo do storytelling criado é que cada um dos três ambientes possa provocar a seguinte reflexão: “o que nós, que moramos tão distantes do ambiente natural dos Axolotes, podemos fazer para impedir que a espécie entre em extinção?”.

Padrão internacional de educação para conservação

O Plano Educativo da Experiência Imersiva dos Axolotes, bem como os objetivos educativos, as temáticas de cada ambiente, a jornada do visitante no espaço e estratégias
educativas para conectar públicos de diversas idades, incluindo grupos escolares, pertence ao Programa de Educação para Conservação do Zoológico de São Paulo, o qual segue as diretrizes propostas nos documentos oficiais da Associação Mundial de Zoológicos
e Aquários (WAZA) e Associação Internacional de Educadores de Zoológicos e Aquários (IZE).

A conexão de grupos escolares na experiência imersiva

O Zoo SP possui um programa de visitas escolares intitulado Programa Reconecta, destinado a crianças e adolescentes e adolescentes de 04 a 17 anos. Nesse sentido,
a nova experiência imersiva será contemplada em dois roteiros educativos existentes. sendo eles: Roteiro “Qual é o bicho?” para Ensino Infantil. Roteiro “Vida de Bicho” para o Fundamental I, Fundamental II e Ensino Médio. Educadores irão realizar a mediação
educativa com as escolas, potencializando os conteúdos e elementos interativos do espaço.

Avaliação do projeto

Para avaliar o alcance dos objetivos propostos pelo novo ambiente imersivo, serão realizadas aplicações de questionários avaliativos com público escolar e visitantes
espontâneos do zoo, especialmente famílias, seguindo diretrizes das ciências sociais e da avaliação e práticas em educação para conservação em zoos e aquários apresentados pela WAZA e IZE.

O Zoo de SP abre todos os dias, das 9h às 17 horas. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente no site
www.zoologico.com.br https://zoologico.com.br/.  


Valor da entrada no Zoológico (online ou bilheteria): R$ 69,90 reais (inteira) e R$ 34,95 (meia-entrada); 


Zoo: Av. Miguel Stefano, 4241, Água Funda; 


Crianças até 4 anos têm gratuidade. E crianças de 5 a 12 anos pagam meia-entrada. 

Mais informações no site:
www.zoologico.com.br
   

Tags

Busca

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Anália Franco: 11 99568-7320
Morumbi: 11 93040-2110

Escola de Teatro

Agende uma aula experimental
Whatsapp 11 96591 9915

Sampa com Família

Parceiros

Facebook

Arquivos

Quem Escreve

Ana Paula

Sou Ana Paula Alcântara Porfírio, trabalho em horário integral como mãe, sou casada, com um príncipe chamado Júnior, tenho dois filhos a Manuella e o Arthur, que fazem meus dias mais felizes!

Vou dividir com vocês nossos passeios, dicas de programas com crianças, experiências e sentimentos da maternidade!